Alterar o idioma do Blog

domingo, 8 de dezembro de 2013

Esquina da morte fez mais duas vítimas em Tucuruí

Nesta madrugada esquina da morte faz mais duas vítimas em Tucuruí. 

   
Mais duas pessoas perderam suas vidas na esquina da morte, a esquina está localizada na Av. Raimundo Veridiano Cardoso, nas proximidades do Hotel Sevilha, uma esquina em que os acidentes são constantes, acidentes estes em que vários tucuruienses perderam a vida ou ficaram gravemente feridos.
   
Alguns motoristas costumam trafegar em alta velocidade no local, e para completar a armadilha fatal, uma placa da ACIT dificulta a visão dos condutores que cruzam a Veridiano Cardoso. 
   
A pergunta é porque a CTTUC permite que a placa continue no local tão próxima da esquina, dificultando a visibilidade e perguntamos ainda quantas vidas ainda serão ceifadas no local, antes que a Prefeitura de Tucuruí resolva colocar um redutor de velocidade no local.? Outra coisa,: O ônibus que trafegava normalmente em Tucuruí está com o licenciamento atrasado há oito anos, o que comprova a incompetência da fiscalização de trânsito em Tucuruí.
   
Quantas vidas e quanto sangue dos tucuruienses ainda será derramado antes que o Prefeito saia de uma inércia irresponsável e resolva tomar alguma providência?

Maiores detalhes do acidente, leiam a matéria do Jornal de Tucuruí

          
Para completar, na esquina da morte a placa em cima da esquina atrapalha a visibilidade dos condutores.
     
O ônibus que causou o acidente, licenciamento vencido há oito anos.
      

6 comentários:

  1. O dono do ônibus é funcionário da PMT contratado e cargo comissionado!!!

    ResponderExcluir
  2. O que tem haver o dono do veículo ser comissionado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara só porque ele é comissionado isso não tem nada a ver, agora falar que é culpa do meu amigo mestre dos magos já é querer falar de mais ele só é incompetente e o Ali Babá, a culpa é dos Vereadores de oposição que não deixa ele trabalhar vai meu amigo mestre dos magos trabalhar.....

      Excluir
  3. Gente... esse acidente tem nada a ver com a placa e nem com a esquina, ambas citadas no texto. Resumidamente, os "condutores" (alcoolizados) da moto estavam no sentido Tucuruí-Vila e entraram em alta velocidade na direção do ônibus. Uma camera do Hotel Rio registrou o fato. Quem já viu o vídeo sabe que o acidente aconteceria ou com o ônibus ou com o carro que estava logo atrás dele. O video mostra claramente a velocidade tanto da moto quanto do ônibus e está sendo crucial na apuração do caso, inclisive o blog deveria ter aceso a ele para reformular a intenção dessa postagem.
    Uma viatura da PM ( que também aparece no vídeo estacionada ao lado do prédio) testemunhou a trajédia assim como alguns hóspedes do hotel, o dono do carro atrás do ônibus e entre outros.
    Como leitor, fico triste ao perceber que tanto esse quanto o outro blog em suas postagens parecem esquecer da responsabilidade social de chamar a atenção também, com uma forma enfática, para os riscos da associação do alcool e direção. Mas... Dane-se o resto, né? o que queremos mesmo é apenas atacar nossos governantes.....
    Enfim... espero que, na proxima vez, o blog seja mais sincero nas informações sem esse intuito de criar nos leitores um pré-julgamento superficial. Já basta termos que lutar contra nossos curruptos...!

    ResponderExcluir
  4. Vamos com calma, não estamos julgando ninguém por este acidente, até porque acidentes principalmente acidentes de trânsito acontecem com qualquer um.
    No caso daquela esquina, já virou rotina acidentes graves no local. Se todos obedecessem à Lei (Inclusive às Leis de trânsito), não precisava de justiça, de agentes de trânsito, nem de polícia e muito menos de presídios.
    Como alguns não obedecem às Leis de Trânsito, assim como alguns se tornam bandidos, é preciso tomar providências para menos minorar as consequências da imprudência e do desrespeito às Leis, e defender à sociedade e os cidadãos que em sua grande maioria são pessoas de bem e respeitam à Lei.
    Ora, se é de conhecimento das autoridades de trânsito que este local oferece riscos ao trânsito e aos cidadãos como um todo e não somente aos infratores, compete à autoridade pública procurar resolver ou pelo menos tentar contornar o problema.

    Quanto à placa em local e condições impróprias, veja o que diz a Lei:

    LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997.

    Institui o Código de Trânsito Brasileiro.

    CAPÍTULO VII
    DA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO

    Art. 81. Nas vias públicas e nos imóveis é proibido colocar luzes, publicidade, inscrições, vegetação e mobiliário que possam gerar confusão, interferir na visibilidade da sinalização e comprometer a segurança do trânsito.

    Art. 84. O órgão ou entidade de trânsito com circunscrição sobre a via poderá retirar ou determinar a imediata retirada de qualquer elemento que prejudique a visibilidade da sinalização viária e a segurança do trânsito, com ônus para quem o tenha colocado.

    Outra questão é que este trecho da Veridiano Cardoso requer um redutor de velocidade, ou a proibição e impedimento físico do cruzamento da avenida, estabelecendo um local seguro para o retorno, o que certamente iria minimizar as consequências dos acidentes de trânsito no local.

    Veja o caso da esquina da Lauro Sodré com a Santo Antônio, o ex-prefeito Cláudio Furman já havia percebido a necessidade de um semáforo no local e o semáforo foi instalado, no entanto este semáforo foi retirado pelo atual prefeito, e foi preciso vários acidentes e pelo menos duas vítimas fatais para que o semáforo fosse recolocado.
    No caso do cruzamento em questão, quantas mortes mais será preciso para que as autoridades municipais tomem providências? Será preciso que algum político ou algum parente de político perca a vida no local para que sejam tomadas as devidas providências?

    Quando a vítima da esquina da morte for um parente seu, certamente você também pedirá providencias às autoridades em vez de as defender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o Prefeito tivesse dado crédito às críticas pela retirada do semáforo da Santo Antônio, duas vidas poderiam ter sido poupadas.

      O problema é que os governantes incompetentes são surdos às vozes das ruas, só escutam a voz dos bajuladores, só ouvem o que lhes convêm e o que lhes enaltece a imensa vaidade.

      São surdos e cegos.

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!