Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Sancler está a um passo de neutralizar o seu principal adversário

                           
O Folha de Tucuruí havia sido informado por uma pessoa ligada à cúpula do PMDB na semana passada, que teria acontecido uma suposta reunião em Belém entre o Parsifal, Helder, Sancler, Jairo, parte da cúpula do PMDB em Tucuruí e mais dois pré-candidatos ligados (direta e indiretamente) ao prefeito. 
      
No início optamos por não publicar a informação já que nesta época em que falta menos de um ano para as eleições municipais, muitas "notícias" são plantadas de forma proposital, no entanto os últimos acontecimentos nos levam a crer que a informação pode estar correta e procede.
                    
Segundo nosso informante, supostamente o objetivo da tal reunião seria sabotar a candidatura do Jones e lançar um laranja como candidato do PMDB (de novo), facilitando a eleição do candidato do prefeito e ao mesmo tempo reduzir o custo da campanha para o Prefeito e seus aliados ao eliminar o seu principal adversário.
                 
Ao anunciar publicamente a sua candidatura, o Claudiney e o PMDB desmoralizaram o Jones, pois o mesmo ficou com a sua imagem abalada perante o eleitorado ao parecer um político fraco, inexperiente e sem liderança e autoridade dentro do próprio partido, além disso, o Jones ficou com a imagem de um político mentiroso ao anunciar uma candidatura "inexistente". A reação do Jones ao golpe de agora em diante vai determinar as suas chances nas eleições municipais e o futuro da sua carreira política.
               
A ideia de o Claudiney apresentar o Barata como seu vice deu mais "credibilidade" para a sua candidatura perante o eleitor, um golpe de mestre. Afinal se ele já tem até um vice é ele o candidato e fica muito difícil para o Jones provar o contrário. 
                                     
Diante disso e ao "desmoralizar" publicamente o Jones e convencer o eleitor de que o mesmo não será candidato, é de se esperar que o Jones despenque nas pesquisas eleitorais, favorecendo o candidato do prefeito e o laranja do PMDB, um plano muito bem engendrado que não poderia estar sendo executado com sucesso sem a participação da cúpula do PMDB Estadual, leia-se Parsifal/Helder, e de parte da cúpula do PMDB municipal.
              
Segundo o informante, Sancler também teria infiltrado pessoas dentro da base e próximos ao Jones para que os mesmos convençam o Jones a entrar no jogo do Sancler e permanecer no PMDB até abril apesar das sabotagens e das evidências de traição, abril é o último prazo para que o Jones troque de partido, é praticamente o mesmo plano da eleição passada.
           
A ideia é convencer o Jones de que o Sancler quer que ele saia do PMDB, sendo que é exatamente o contrário, Jones está exatamente onde quer o Sancler, um partido fácil de ser cooptado e manipulado.
              
Para nós foi uma verdadeira loucura do Jones se filiar no PMDB e arriscar seu capital político tendo como garantia "apenas" a palavra do Parsifal e de um barbalho que na verdade não significa nada, alias um barbalho sem poder de decisão, já que o chefe e o manda chuva do PMDB no Pará é na verdade o barbalhão das pererecas. 
                                      
Com 35 partidos no Brasil o Jones foi se filiar justamente no PMDB, o partido que o Sancler pediu a Deus para abrigar seus adversários? Será coincidência? Outra coisa, o tempo é aliado do prefeito, quanto mais o Jones perder tempo e capital político com as sabotagens melhor para ele e para o candidato da "Prefeitura".
                  
O estrago já está feito e o nó da forca está pronto, só resta ao Jones dar uma de "macho" e enquadrar o Parsifal e os barbalhos, exigindo o controle total do partido e do diretório municipal, ou mandar as raposas do PMDB enfiar o partido onde eles quiserem.
                   
O problema do Jones é que o pior cego é o que não quer ver, aviso é o que não falta e não faltou. Aparentemente e Jones parece ser incapaz de perceber o tamanho do estrago em sua candidatura e à sua imagem devido ao lançamento da pré-candidatura Claudiney/Barata. 
                    
Nós do Folha gostaríamos de ver uma disputa democrática, igualitária e justa nas eleições municipais em Tucuruí, mas estamos percebendo que este desejo está cada vez mais difícil de se concretizar.
                                 

4 comentários:

  1. Eu acho é pouco.

    ResponderExcluir
  2. Esclarecimento: respeitamos o direito de resposta de qualquer um citado em nossas matérias, no entanto o mesmo direito só pode ser exercido pela própria pessoa e por e-mail (para facilitar a sua identificação), e quando a mesma utiliza se refere a nossa equipe de forma civilizada e educada. Comentários e opiniões de pessoas ignorantes, grossas, mal educadas e prepotentes não tem espaço neste Blog. Mais, anônimos não podem responder por ninguém pois o anônimo não tem identidade, portanto tecnicamente não existe. Equipe Folha.

    ResponderExcluir
  3. enquanto isso, e o PT????? Por que vcs não fazem uma matéria especial sobre os pré-candidatos do PT?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra quê e porque daríamos tratamento diferenciado os pré-candidatos do PT se existem dezenas de pré-candidatos nos outros partidos? Se comentássemos sobre os pré-candidatos do PT teríamos que comentar sobre os pré-candidatos de todos os partidos. No caso da ''venda'' do PMDB, cujas lideranças são em sua maioria venais, é um caso especial que deve ser do conhecimento público, até para alertar os desavisados que podem cair na arapuca e se transformar em mercadoria. d

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!