Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Ar condicionado em excesso pode ser prejudicial

Os picos entre frio e quente podem gerar infecções e demais reações alérgicas no organismo

Manutenção do aparelho deve ser feita mensalmente

Com a chegada do Verão e o calor excessivo, muitos recorrem ao uso de ar condicionado para tentar fugir das altas temperaturas, porém, o mesmo pode trazer diversos riscos à saúde.

O clínico geral Leonardo Ferreira recomenda que não se deve ficar exposto durante muito tempo ao uso do ar, e lista, alguns problemas que podem ocorrer com esse excesso.

Segundo ele, o ar condicionado, além de diminuir drasticamente a temperatura, diminui também a umidade relativa do ar, o que aumenta o número de micropartículas no ambiente, gerando ao local fatores alergênicos, como o ácaro e a poeira.

Em geral, todas as impurezas ficam mais concentradas com a retirada da umidade, podendo causar assim problemas tanto às vias respiratórias superiores quanto às inferiores.

Os casos mais comuns que ocorrem nas vias superiores são: renite, faringite, laringite, sinusite, que são reações alérgicas, além delas, há também o aumento de vírus e bactérias no ar ocasionando a gripe.

Já no caso das vias inferiores, o que pode ocorrer é crise asmática e bronquite, que são as mais comuns, além das infecções, tanto bacterianas quanto virais, como a pneumonia.

"No ambiente menos úmido além de concentrar um número maior de impurezas no ar, a própria baixa temperatura diminui as defesas do corpo nas regiões respiratórias, e predispõe à infecção" alerta Ferreira.

Outro problema que o ar condicionado pode gerar é a troca abrupta da temperatura, ao sair de um local de baixa umidade e temperatura, para as áreas externas, onde a temperatura e umidade estão maiores.

Nestes casos, o sistema imunológico do organismo se altera, o que pode desencadear uma infecção.

Cuidados

Edson do Prado Ravaneda, gerente comercial de uma empresa de refrigeração, alerta que trocas e limpezas periódicas dos filtros são imprescindíveis, pois em ambientes fechados pode ocorrer propagação de vírus e bactérias.

A manutenção do aparelho deve ser feita mensalmente, com a limpeza do filtro de ar e troca, se for necessário, medição de temperatura e amperagem do ar condicionado.

Em caso de sistemas centrais com dutos, é preciso realizar uma análise semestral no nível microbiológico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!