Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Ministro da Pesca e Aquicultura é paraense

Ministro Helder e esposa Daniela
       
Ministério da Pesca e Aquicultura - Helder Barbalho
    
Formado em administração, Helder Barbalho é filho do senador Jader Barbalho e da deputada federal Elcione Therezinha Zahluth. Natural de Belém, Helder tentou eleger-se governador do Pará pela primeira vez este ano, mas perdeu para Simão Jatene. Já foi vereador, deputado estadual e prefeito de Ananindeua.
           

4 comentários:

  1. Se este rapaz cuidar dos peixes como o pai cuidou das pererecas estamos ferrados kkk
    Esta e a velha troca de favores o jader nao entrega a dilma e em troca tera o pupilo dele num ministerio
    Sera que moramos em um pais serio?

    ResponderExcluir
  2. Vamos ser lógicos e coerentes, em primeiro lugar ninguém pode ser julgado pelos erros dos parentes, se fosse assim teríamos muitos políticos em Tucuruí acusados de serem cachaceiros, drogados, traficantes, pistoleiros e pedófilos não é mesmo?
    Segundo, entregar a Dilma porquê? Não existe nenhuma acusação de corrupção contra a Presidente até o momento, você está insinuando que o Jader tem algo contra ela sem elemento algum. Que vergonha...
    O Helder foi um grande e importante aliado da Dilma nestas eleições e portanto merece participar do governo, é assim no Brasil e é assim em qualquer país democrático do mundo, só ditadores governam sem fazer alianças, aliás a pesca é uma atividade muito importante no Pará, você deveria estar contente.
    Em vez de se preocupar com pererecas, você deveria estar preocupado mesmo é com o Jatene ( O governador responde atualmente a 46 processos na justiça), pois com a reeleição do governador Tucuruí vai continuar a ser uma Terra sem Lei para beneficiar o prefeito Sancler ( O prefeito responde atualmente a 41 processos na justiça) e seus aliados, o prefeito sim, responde a inúmeros processos por improbidade administrativa.

    ResponderExcluir
  3. Geralmente eu fico orgulhoso quando um paraense chega no topo, mas não nesse caso. O Barbalho filho responde a 3 processos na justiça Federal, quase 2 milhões em despesas na saúde nunca foram comprovadas na Prefeitura de Ananindeua, ou seja, quase 2 milhões sumiram. Ele tá seguindo a risca os passos do pai, foi governante, agora é Ministro e está com vários processos, igual ao pai, só falta ser algemado agora pra completar.

    ResponderExcluir
  4. Mas 3 processos comparado aos 46 do Jatene e os 41 do Sancler o Helder é um frade franciscano. Dois milhões é troco comparado ao 8 milhões desviados da saúde só no primeiro mandato do Sancler, fora os R$ 20.000.000,00 milhões desviados do IPASET. Quase um bilhão e meio de arrecadação da PMT, desapareceram ou foram desperdiçados em apenas seis anos de governo Sancler, sem que a população de Tucuruí fosse beneficiada.
    Dois milhões não dá nem para cobrir os gastos de um ano com refrigerantes e salgadinhos da Prefeitura de Tucuruí, pagos a uma empresa fantasma, ou um ano de propaganda da Prefeitura de Tucuruí também pagos a uma empresa fantasma também administrada por uma laranja.
    Perto do Jatene e do Sancler, Helder é um anjinho, dois milhões sem explicação em oito anos de governo não cobre 10% do que é desviado em Tucuruí em apenas um ano.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!