Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

MPE denuncia funcionários da Prefeitura de Tucuruí por Improbidade Administrativa

O Ministério Público Estadual denunciou os funcionários municipais, Lucília da Silva Siliprandi e Gean Carlos Guedes Ribeiro por Improbidade Administrativa. Os dois funcionários são concursados na Prefeitura e exercem cargos de confiança do Prefeito Sancler Ferreira (PPS).
   
O Ministério Público do Pará representado pela Promotora de Justiça DRª. Adriana Passos Ferreira propôs Ação Civil Pública por Atos de Improbidade Administrativa contra os servidores efetivos nomeados acima.
   
Os dois funcionários foram denunciados pelo MPE pela contratação irregular da Senhora Tereza Pereira de Souza que foi contratada como funcionária da Prefeitura de Tucuruí por meio de conduta improba.
   
Os funcionários de posse dos documentos pessoais da Dona Tereza, a colocaram sem o seu conhecimento na folha de Pagamento da Prefeitura e de posse do seu cartão bancário recebia o seu salário. A Dona Tereza só descobriu a fraude quando tentou se aposentar e descobriu que era funcionária da Prefeitura de Tucuruí.
   
Na investigação o MPE solicitou a folha de ponto da Dona Teresa e os locais onde esta senhora havia prestado serviço a Secretaria de Administração forneceu os locais onde a Dona Tereza teria trabalhado na PMT e o livro de ponto. No livro de ponto das Secretarias não constava o nome da servidora, então a Promotora esteve pessoalmente nos locais e verificou que os funcionários e Chefes da Secretaria de Cultura e da Secretaria de Comunicação conheciam a Dona Tereza e que ela nunca trabalhou nestas Secretarias.
   
O MPE pede o afastamento dos dois funcionários dos seus cargos públicos até o final do julgamento do processo principal e da ação penal proposta, a indisponibilidade dos seus bens para garantir a devolução dos recursos ao erário público (trinta e cinco mil reais) atualizados, acrescidos de juros de mora, a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa civil até cem vezes o valor recebido ilegalmente, proibição de negociar com o poder público por três anos.
   
Nota do Folha: É sabido e notório que a Administração Municipal em Tucuruí, gosta de Abrir Inquéritos Administrativos a torto e a direito contra os servidores indefesos da Prefeitura, principalmente aqueles que não rezam pela cartilha do prefeito.
   
Será que foi aberto Inquérito Administrativo para apurar estas graves denuncias de funcionários de confiança e do círculo de amigos e aliados do prefeito? 
           
Outra coisa, o Prefeito vai fazer de tudo para engavetar o processo e para ajudar os dois acusados pois eles sabem demais sobre a administração municipal, e podem muito bem solicitar a Delação Premiada, tão em moda hoje em dia. Vamos ver no que vai dar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!