Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Governador faz coletiva sobre a foto falsa, mas se recusa a explicar morte de bebês na Santa Casa em Belém



Na atualização da matéria anterior, dissemos que o Governador iria convocar uma coletiva com a imprensa e focar exclusivamente da foto falsa (apenas uma entre sete imagens mostradas na matéria).
      
Dissemos ainda que a estratégia seria fazer um estardalhaço em torno da foto falsa tornando a mesma uma cortina de fumaça para tentar tirar a atenção da população sobre a morte de centenas de bebês na Santa Casa de Belém. Mas não importa as manobras ilusionistas do Governador, nada que ele faça vai trazer de volta a vida dos bebês que morreram por incompetência e descaso do seu governo.
    
Não deu outra, o Governador seguiu o script ao pé da letra e fez exatamente o que dissemos que ele faria no caso da foto falsa. Como estes políticos são tão previsíveis é possível prever seus atos e reações com bastante antecedência.
    
No vídeo é fácil reconhecer um Governador nervoso, agitado e acuado, a ponto de ser mal educado e grosseiro com uma mulher no exercício da sua função de repórter, e que estava apenas fazendo o seu trabalho. A repórter além de ter sido tratada de forma grosseira, foi interrompida várias vezes e não conseguiu terminar nenhuma pergunta feita ao destrambelhado governador.
    
É o que eu sempre digo, a formiga esperta sabe a folha que carrega, o problema é que o poder sobe à cabeça e o político acha que é o tal, o poderoso, e que todos tem que lhe lavar, beijar seus pés e satisfazer a todas as suas vontades. E é justamente ai que o bicho pega, pois ninguém tem o poder sozinho. 
    
É impossível (exceto para Deus) que alguém por si mesmo seja todo poderoso. Nem mesmo os Reis tinham o poder absoluto, pois tinham que ceder poder à sua corte e aos seus generais, caso contrário certamente iria saborear uma refeição com tempero indigesto e mortal ou perderia a cabeça literalmente.
    
Jatene está seguindo religiosamente todos os passos e erros da Ana Júlia, não só no escândalo da Santa Casa, mas também no rompimento com o PMDB, a diferença neste caso é que o pivô do rompimento da Ana Júlia foi o Puty, e o pivô do rompimento do Jatene é o Mário Couto, o bicheiro tapioca. Tem também as intrigas e ambições da corte, mas isso é inevitável em qualquer governo.
    
Lembram que a Ana Júlia exonerou todos os peemedebistas, mas deixou alguns para dividir o PMDB? Pois é o Jatene fez igual.
      
Lembram que a Ana Júlia tentou cooptar deputados e lideranças peemedebistas para dividir e enfraquecer o PMDB? Pois é o Jatene fará igual. 
    
É o mesmo filme, a diferença entre o Jatene e a Ana Júlia, é que o Jatene terá apenas metade da grande imprensa no estado trabalhando contra ele, mas como quantidade nem sempre é qualidade, e acredito que somente metade da grande imprensa dá conta do recado, o Jatene tem grandes chances de sofrer um grande e até mesmo irrecuperável prejuízo político, já que metade de uma grande pedra pode quebrar uma vidraça inteira, por maior que ela seja.
     
Não gostamos de apostar, mas se fossemos jogadores, nesta briga apostaríamos todas as fichas no PMDB, e que o Jatene ao perceber que pode estar assinando a sentença de morte do seu governo e talvez da sua carreira política, volte atrás, enfie a viola no saco, torne o dito pelo não dito e se conforme em saber que não é o todo poderoso que imagina, e perceba que não pode governar somente com os bajuladores e parasitas. 
    
Mas se for esperto e quiser dar meia volta, Jatene tem que fazer isso rápido, antes que a pedra tome gosto pelo barulho da vidraça se estilhaçando e perceba que pode viver bem estando fora da corte.
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!