Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Novo alvo do ditador de Tucuruí: A eleição da Associação dos Servidores Municipais (ASERT).

     
Comenta-se que o prefeito convocou uma mega reunião em sua residência com dezenas de assessores, secretários e a base política do prefeito. Um dos assuntos principais da reunião teria sido a eleição para a nova direção da ASERT. 
       

A ordem do ditador seria utilizar de "TODOS" os recursos disponíveis para eleger a chapa apoiada pelo prefeito. O prefeito teria ficado furibundo com a perca do SINSMUT para os servidores independentes, e quer a vitória da sua chapa na ASERT a qualquer custo e a qualquer preço. 

    

O "investimento" na chapa do prefeito para a ASERT será muitíssimo maior que o investimento em sua chapa para o SINSMUT onde ele levou "o farelo", para o prefeito é uma questão de honra assumir o controle da Associação dos Funcionários Municipais, nem que ele vença e logo depois acabe com a Associação transferindo a saúde dos servidores para o IPASET, órgão que ele tem controle total, agora imaginem a saúde dos servidores sob controle do prefeito? 
    
O servidor que votar na chapa do prefeito estará votando contra a ASERT e contra si mesmo, pois o prefeito acabou com a saúde pública em Tucuruí e não se conforma em ainda não ter acabado com o sistema de saúde dos funcionários municipais. 
    
Que os servidores municipais fiquem alerta, pois todo tipo de cooptação e ameaças serão usadas pela chapa do Sancler, para induzir e obrigar os servidores municipais a entregar a sua Associação ao prefeito do PPS.
    

9 comentários:

  1. Nem vai acabar a Asert e nem a saúde vai para o IPASET. A Asert só acaba se os servidores (2/3)se fizerem presentes em reunião assim decidirem e a saúde sob nenhuma condição poderá passar para o IPASET ou por acaso esqueceram que os institutos de previdência não podem mais absorver a saúde?. Vamos fazer a campanha de eleição da Asert com a verdade e não plantando falsas noticias. Não tenho informação sobre a tal reunião, mas acho muito difícil ter acontecido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estes Assessores continuam pensando que estão lidando com idiotas. Para acabar com a ASERT somente é necessário que ela vá à falência, o que já está perto de acontecer.

      O prefeito está estrangulando a ASERT economicamente aos poucos, já tirou os descontos do comércio e hospitais e está pressionando para sufocar a Associação. Quanto ao IPASET pode sim prestar Assistência Médica/Hospitalar.

      Gostamos muito de fazer o Folha, mas reconhecemos que a pior parte é ter que lidar com pessoas mentirosas e sem escrúpulos. O mais chato não é desmentir e desmascarar estes farsantes, o pior é mesmo é ter de suportar estes ignorantes tentando nos fazer de idiotas.

      O IPASET pode sim prestar Assistência médica aos servidores bastando para isso criar uma conta separada para os recursos destinados a saúde, que não podem ser dos recolhidos para a finalidade previdenciária, terá que ser com contribuições em separado. Basta alterar a Lei Municipal e como os vereadores são subordinados do prefeito, ele altera a Lei quando bem entender.

      O que não pode é a Assistência Médica funcionar juntamente com o sistema de previdência, as contribuições previdenciárias devem ser utilizadas exclusivamente para os benefícios previdenciários, que são os elencados pela Constituição Federal em especial aposentadoria e pensão. Entendeu ou quer que eu desenhe?

      Se você postou esta bobagem por ignorância está desculpado, mas se postou esta sandice por acreditar que somos imbecis e desinformados, você quebrou a cara. Toma vergonha e procure um emprego decente.

      Veja dois exemplos de Previdência Municipal que presta Assistência Médica:

      Link do IPAMB - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM.

      http://www.belem.pa.gov.br/app/c2ms/v/?id=22&conteudo=4477

      Link do Instituto de Previdência Municipal de Uberlândia - IPREMU.

      http://www.uberlandia.mg.gov.br/?pagina=Conteudo&id=155

      Infelizmente anônimo, a sua ignorância só não é maior que o seu cinismo.

      Excluir
    2. A única forma de salvar a ASERT é não entregar a Associação nas mãos dos lacaios do prefeito. O problema da ASERT é que ela está mal administrada e com uma diretoria dividida e lutando entre si.
      Outro problema é a perseguição do Prefeito que tenta a todo custo estrangular a ASERT economicamente.
      Mas estes problemas podem ser resolvidos com uma diretoria responsável, comprometida e independente politicamente.
      Juntos SINSMUT e ASERT poderão resolver todos os problemas e enfrentar os inimigos dos servidores municipais, que só querem se dar bem explorando os servidores. Lembre: Quem mente, rouba e quem rouba mata.
      Não entregue o que é seu e o que nós lutamos tanto para conseguir. Depois de tudo, você ainda confia no prefeito o bastante para entregar o nosso patrimônio e a saúde da sua família a ele?

      Excluir
  2. olha, morei em tucuruí, quando do governo de claudio furman, via concurso público e apesar do fim do mandato ter sido um problema com os pagamentos atrasados e 13 atrasado e outros problemas, não foi tão ruim quanto vejo que é no governo deste homem. só ir manifestar não ´o suficiente, me desculpa o povo, adorei a cidade, ate hoje penso em voltar para morar e trabalhar por ai, mas nesse tipo de situação, o povo tem que por esse homem pra correr. ele não é tão louco a ponto de fazer como almir gabriel fez, mandar bala no povo. tem é que por pra correr mas da cidade. que coisa, pelo que se lê em qualquer blog ou jornal da região, esse homem pensa que é napoleão bonaparte ou luis xvi. esse desmando na cidade tem que acabar. sou um homem religioso e pelo que falam tenho vergonha. pq? por dizerem que ele é membro da Assembléia de Deus. procede isso? se sim que exemplo esse homem dá como cristão? devia amar e respeitar o "seu povo" em Novo al

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém tem de ir embora da cidade já que vivemos em um país democrático, e por falar em democracia o prefeito foi eleito de forma democrática pela maioria dos eleitores, tem todo o direito de ficar onde quiser e de terminar o seu mandato, a não ser que a a justiça decida o contrário.

      O prefeito tem de obedecer às leis como todo mundo, respeitar o cargo que ocupa e a população de Tucuruí, se fizer isso já está de bom tamanho.

      Este negócio de querer derrubar governante na marra é coisa de fascista, em um país democrático governante se derruba no voto, qualquer coisa fora disso é golpe.

      O prefeito também não faz parte da Assembléia de Deus.

      Excluir
  3. Não fique tão nervoso, mantenha a calma e leia o que você mesmo escreveu: " ..transferindo a saúde dos servidores para o IPASET, órgão que ele tem controle total, agora imaginem a saúde dos servidores sob controle do prefeito? " Na sua resposta você diz:" O IPASET pode sim prestar Assistência médica aos servidores bastando para isso criar uma conta separada para os recursos destinados a saúde, que não podem ser dos recolhidos para a finalidade previdenciária, terá que ser com contribuições em separado. Basta alterar a Lei Municipal e como os vereadores são subordinados do prefeito, ele altera a Lei quando bem entender." Como sou leigo no assunto, indago: será preciso mesmo alterar a lei vigente? Deixa de querer ser o dono da verdade, seja mais humilde e tolerante com os leigos, não os agrida. Se o Prefeito tivesse intenção de acabar com a Asert ou mesmo "transferir" a saúde para o IPASET já o teria feito, sem qualquer reunião,com assessores, secretários, etc. Você meu caro, certamente não leu a Lei Municipal 9.757/13 (Ipaset) se o tivesse feito não estava escrevendo coisas sem sentido. Repito vamos fazer a eleição da Asert sem mentiras. Será que o município é obrigado a efetuar os descontos de saúde, em favor da Asert, em folha de pagamento? Antes que fique mais nervoso. Será que só tem pessoas responsaveis no SISMUNT? e nos do SINTEP somos por acaso irresponsaveis? Já que a direção atual da Asert que você ajudou a eleger e incompetente porque você não reclamou há mais tempo, so o fazendo agora neste momento de se realizar novas eleições?
    Um forte abraço e ate a vitória!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estou nervoso, só estou utilizando a linguagem que pessoas como você entendem.

      O Prefeito já alterou a Lei do IPASET, na original o desconto era de 8% e passou para 11% e a Licença maternidade era de seis e passou para quatro meses. E nada impede que ele a altere de novo.

      Não disse que o prefeito é obrigado a fazer o desconto, disse que ele deixou de fazer o desconto para prejudicar a Associação, qualquer um por mais idiota que seja pode perceber isso.

      Você não é leigo coisa nenhuma, pela sua linguagem você é na verdade dissimulado, e passou uma informação falsa para ver se colava. Se você fosse leigo eu teria respondido de outra forma, pois teria levado em conta a sua ignorância sobre o assunto.

      Não se faça passar por analfabeto funcional, você entendeu muito bem o que eu escrevi. A reunião foi para traçar estratégia e vencer a eleição da ASERT, e não para aprovar a mudança da Lei, qualquer imbecil sabe que quem aprova Lei municipal são os vereadores e qualquer Tucuruiense sabe que quem manda nos vereadores é o prefeito.

      Não, vocês não são apenas irresponsáveis, também são mentirosos e desonestos.

      Cara você é doente, você é um mentiroso compulsivo...

      Mas vamos desmontar mais mentiras suas:

      1º - Não ajudamos a eleger a atual diretoria, nós do Folha apoiamos a chapa dois, quem ganhou foi a chapa um.

      2 - Por várias vezes reclamamos e denunciamos a direção da ASERT é só digitar ASERT na pesquisa do Blog na barra lateral direita que você vai encontrar diversas matérias criticando a atual diretoria.

      Não adiantam, suas mentiras são fáceis de derrubar e sabe por quê? Porque elas não têm nenhum conteúdo e nenhuma base. Vocês mentem por compulsão, não é estratégia é desvio de caráter, isso se chama mitomania.
      Até para mentir vocês são incompetentes. E faço esta afirmação não porque estou nervoso ou coisa assim, é porque eu quero que todos saibam (principalmente os servidores) quem na verdade são vocês.

      Nenhum membro do Folha está participando destas eleições, nosso interesse é apenas como Associados.

      Até a vitória sim, mas a vitória das pessoas honestas, íntegras e de bem.

      Excluir
  4. Tá vendo como você fica nervoso, não está nem lendo os comentarios direito. Eu jamais disse que a reunião era para alterar lei, apenas disse que se o prefeito quisesse passar a administração da saude para o IPASET não era preciso alterar a lei e lhe recomendei a leitura da Lei 9.757/13. Voce fez isso? Acredito que não, pois afirma que o Prefeito diminuiu o salario maternidade para 120 (cento e vinte)dias. Não fica nervoso, vou te explicar tintin por tintin como será. As servidoras (por força de Lei Municipal) continuarão a perceber os 180(cento e oitenta) dias de salario maternidade. O que mudou, foi que o IPASET, por obdiencia as determinações Constitucionais, pagará 120(cento e vinte) dias e o órgão a que esteja vinculada a servidora pagará os 60(sessenta) dias. É muito fácil de entender as coisas mas você faz questão de complicar. O que custava prestar este esclarecimento. Como você disse que fez varias criticas a atual diretoria da Asert, mesmo sem olhar dou credito a sua afirmativa. Quanto as eleições passadas da Asert, também dou credito a seu desabafo.
    Um grande abraço e ate a vitória!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desmontando mentiras parte II

      LEI Nº 11.770, DE 9 DE SETEMBRO DE 2008.

      Art. 1o É instituído o Programa Empresa Cidadã, destinado a prorrogar por 60 (sessenta) dias a duração da licença-maternidade prevista no inciso XVIII do caput do art. 7o da Constituição Federal.

      § 2o A prorrogação será garantida, na mesma proporção, também à empregada que adotar ou obtiver guarda judicial para fins de adoção de criança.

      Art. 2o É A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, DIRETA, INDIRETA E FUNDACIONAL, AUTORIZADA A INSTITUIR PROGRAMA QUE GARANTA PRORROGAÇÃO DA LICENÇA-MATERNIDADE PARA SUAS SERVIDORAS, NOS TERMOS DO QUE PREVÊ O ART. 1O DESTA LEI.

      Olha cidadão, não vamos mais perder tempo com suas mentiras, faz o seguinte: Se quiser continuar mentindo use as Propagandas Institucionais da Prefeitura que é o local mais apropriado para enganar a população.

      Temos coisas mais sérias com o que nos preocupar e nos ocupar.

      Nós do Folha trabalhamos de verdade e não ''ganhamos'' mais que o prefeito para fazer politicalha e espalhar mentiras. Vamos utilizar este tempo que estamos perdendo contigo em benefício do interesse público.
      Sabemos quem é você, assim como sabemos que você apesar de Deus ter concedido uma segunda chance, escolheu permanecer no caminho da mentira, da enganação e do mal, e até agora tem permanecido impune, mas como você sabe, nada dura para sempre, e um dia você terá que colher o que plantou. Portanto lhe desejo boa sorte, pois você vai precisar.

      E até a vitória das pessoas decentes, sérias e honestas desta cidade.

      Game over.

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!