Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Últimas novidades da política

     
Está prevista para amanhã (sexta), uma reunião do Prefeito com todos os Secretários Municipais. Comenta-se que após a exoneração da Secretária de Educação, mais três Secretários deverão cair.
    
Segundo informações o motivo principal da saída da Secretária de Educação foi político, devido à sua ligação com o Deley, outro motivo (para nós mais plausível) seria a ambição da irmã do prefeito de assumir sozinha a Educação Municipal, que tem Gestão Financeira própria e o maior orçamento dentre as Secretarias do município, rivalizando somente com a Secretaria de Saúde Municipal.
    
Desta forma, a gestão financeira da Secretaria de Educação ficará em "família". Todos sabem o que acontece quando prefeitos em Tucuruí colocam familiares em cargos chave na PMT...
    
Não temos a informação do local da reunião, pois o segredo está sendo guardado a sete chaves. Entre os assuntos que acreditamos serão discutidos está:
     
1 - As demissões, segundo informações a Prefeitura está gastando mais de 75% da arrecadação só com folha de pagamento, sendo que o limite máximo é de 60%. Falam nos bastidores em 2.000 demissões, mas acreditamos que as demissões não passam de 400/500. Somente ficarão os apadrinhados mais importantes para o prefeito e vereadores da base governista e é claro seus parentes, o RESTO vai para o olho da rua.
    
2 - Outro assunto que deverá ser discutido será a questão das manifestações que estão deixando o prefeito baratinado, pois o mesmo não está acostumado a ser contrariado.
    
3 - Outra questão que acreditamos será discutida será a eleição da ASERT, segundo informações o Prefeito quer o controle da Associação dos Servidores Municipais a qualquer preço e a qualquer custo, para o prefeito vale tudo, só não vale perder a direção da ASERT. Dizem que para o Prefeito esta é uma questão pessoal, nem que ele ganhe e depois acabe com a Associação. O prefeito quer demonstrar força e poder.
    
4 - Outra questão que acreditamos que pode ser discutida é a questão do Concurso Público. O prefeito está sob pressão, mas ele sabe que o Ministério Público Estadual, devido à influência do Governador Jatene, em nenhuma hipótese vai executar o TAC, ou tomar qualquer providência efetiva no sentido de obrigar o prefeito a fazer o concurso, que se depender do Sancler não será feito dentro do seu mandato, talvez quem sabe, no segundo semestre de 2016. Somente o SINSMUT poderia fazer alguma coisa a respeito, mas sem poder contar com o apoio do MPE fica mais difícil.
   
De qualquer forma, acreditamos ser muito difícil que algo de bom (pelo menos para o povo) sairá desta reunião, portanto não convém para o cidadão alimentar muitas esperanças e ilusões de mudanças (para melhor) na Administração Municipal.
         

11 comentários:

  1. A questão da asert é muito clara para o servidor, asert não deve ser partidária e sim neutra, independente do seu presidente e todos os servidores sabem que a asert deve andar com as mãos dadas com o gestor, seja ele qual for. Nada de radicalismo, isso que foi implantado com a atual presidente e diretoria em geral sem nenhuma exceção. Tem uns ae que querem dizer que não são do grupo da presidente, mais sabemos que todos são farinha do mesmo saco e se continuar com essa vaidade politica a asert vai acabar sendo destruida por pessoas medíocres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo que a ASERT deve ser independente e não deve estar ligada à oposição, mas também não deve ficar ligada ao Prefeito, caso contrário estaremos trocando seis por meia dúzia, já que o Prefeito também é político e pior, não está nem ai para o servidor público.

      Devemos também parar de paranoia, pois todo cidadão tem o direito de se filiar a um partido político, discriminação ideológica também é crime.
      Só falta agora exigir que os candidatos da ASERT apresentem certidão negativa de filiação partidária.

      O que não pode é colocar a questão partidária acima do interesse do servidor, a direção da ASERT não deve ser partidária, no entanto seus membros podem fazer parte do partido que quiserem.

      Nem oposição e nem prefeito, a direção da ASERT tem que ser neutra, mas tem que defender a Associação dos abusos cometidos pelo prefeito, como por exemplo se apropriar indevidamente do dinheiro da ASERT e dos servidores, mas isso é uma questão administrativa e não política.

      Excluir
    2. A ASERT pode andar de mãos dadas com o gestor sim, não vejo problema quanto a isso, CASO o gestor seja uma pessoa séria e honesta e não se aproprie indevidamente do dinheiro da entidade e do servidor, dinheiro que não lhe pertence e não pertence à Prefeitura.
      O gestor tem de respeitar para ser respeitado, se o prefeito quer dinheiro que consiga estes recursos de forma digna e honesta e não desviando os recursos da ASERT para outras finalidades. Se ele que gastar dinheiro que gaste o dele ou da prefeitura, do servidor não.

      Excluir
  2. Vejam a última dos assessores do prefeito: Agora eles ficam vigiando o SINSMUT para ver quem entra e quem sai do prédio do Sindicato.

    Quando entra alguém do lado do prefeito como, por exemplo, os olheiros que não saem de lá mesmo em horário de expediente, eles ficam calados, mas quando entra no sindicato alguém que o prefeito não gosta começa as fofocas, e ainda querem publicar estas baboseiras no Folha, é muita cara-de-pau.

    Imaginem se colocássemos vigias para ver quem entra e quem sai do Gabinete e da casa do prefeito, para depois sair por ai falando e publicando fofocas da vida pessoal dos outros? O Folha não é coluna social não cidadão, o Folha é um blog sobre política e administração pública.

    O país é livre minha gente, e as pessoas tem o direito entrar e sair de prédios públicos quando quiserem e sem ter que dar satisfações a ninguém. O Folha não vai compactuar com este tipo de atitude.

    E só para constar, o vice-presidente do SINSMUT é filiado ao PT e o Presidente é filiado há muitos anos no PPS, então deixem de procurar cabelo em ovo e procurem outra forma de defender as suas portarias na prefeitura.

    Agora com o risco de demissões na PMT, ninguém mais vai aguentar estes assessores bajulando o prefeito e querendo mostrar serviço para não perder a mamata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade passei agorinha em frente do SINSMUT e tinha uma galera de bajuladores do prefeito na hora do expediente da prefeitura vigiando o sindicato. Tem mais de dois meses que este pessoal fica por lá vadiando e espionando e o povo de Tucuruí é quem paga o salário deles. Isso não está certo, eu e muita gente precisando de emprego e Sancler pagando esse pessoal com dinheiro da prefeitura pra ser espião dele. Quem não acredita é só passar lá na porta ou entrar no sindicato que eles estão sentados o dia inteiro contando piada fofocando e fazendo relatório pros chefes. Passa lá pra ver um monte deles na porta do SINSMUT. Que vergonha prefeito.

      Excluir
  3. Vcs estão sabendo a reunião foi canceladaaa! A radio pião informou que a Henilda vice-prefeita nem foi convocada. Por que será em?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. segundo informações a reunião foi cancelada porque o Prefeito ficou com medo de manifestações...
      E o pessoal não estava nem ai, pra que manifestação em reunião de Secretários?
      O Prefeito está baratinado mesmo.

      Excluir
  4. A irmã do prefeito levou um balde de água fria ,houve até comemoração na casa dela quando souberam que a marivani havia sido exonerada.Ja estava preparando o discurso de posse.Mas em uma decisão divina, ou não o Prefeito do dia para noite chama a diretora de Ensino Ducéu ,para assumir a secretaria de Educação.Acredita-se que saíram chamas dos olhos da irmã dele que tento queria este cargo.Cuidado Ducéu! Estamos de olho nesse povo.Até quem é da oposição aplaudiu o Prefeito Sancler por tão sabia escolha.Mas esperamos que ela não seja um boi de piranha .Deixem a secretária trabalhar.competência ela tem ,e se o senhor for inteligente ,colherá grandes frutos na educação.

    ResponderExcluir
  5. Parabens prefeito por mais uma vez terer competencia e se a oposicao fala muito eles tem que Reconhecer a nova secretaria de educacao e uma pessoa super proficional e competente pois esperamos que ela faca um grande trabalho e se deus quizer vai . A GORA E SO VITORIA.

    ResponderExcluir
  6. kkkkkk. To vendo que tem povo em Tucuruí que ainda acredita em papai noel, gente To rezando para que a Senhora Maria do Ceu, nao se deixe levar, não se deixe ser usada alias pilotada, pois esse que é o desejo maior do prefeito, ele somente quer usar o nome da Maria do Ceu, pois que já manda a muito tempo lá é suas irmas. Por favor Maria do Ceu continue mostrando o seu profissionalismo que vc tem, não se deixe levar, pois falta de responsabilidade no poder publico dar cadeia!!!!!

    ResponderExcluir
  7. O nepotismo grassa na Prefeitura de Tucuruí, o MPE fecha os olhos. Nepotismo é crime. Providências? Nenhuma.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!