Alterar o idioma do Blog

quarta-feira, 3 de março de 2010

Imprensa alugada e sem compromisso com o povo


Chega a ser criminosa a atitude da imprensa alugada em Tucuruí. Esconderam até não poder mais a questão da ameaça de gripe suína na cidade. Não fosse o Folha divulgar, e até agora a população não saberia do problema, e não sabendo não iriam se prevenir, e não se prevenindo muitos poderiam se contaminar e até mesmo morrer. 

Até ontem o radialista no programa Tucuruí Agora tentava minimizar a situação tentando fazer o povo acreditar que nada estava acontecendo, e sabem por quê? Por que não queriam divulgar uma "notícia negativa" da cidade e por que não queriam comprometer o comparecimento no estádio no Jogo do Independente no final de semana. 

É a imprensa alugada defendendo o time alugado, que o cidadão arrisque a sua vida e até mesmo morra, mas que não deixe de prestigiar o time do prefeito e do Deley. Tucuruí está mesmo "ferrada", por um lado vereadores em vez de trabalhar pelo bem da população, perdem tempo e dinheiro bajulando e dando títulos de cidadãos tucuruienses a ricos criminosos ambientais, que poluem e destroem o meio ambiente no município (estamos nos referindo aos que constroem em cima dos igarapés,  que derrubam a floresta  e os que poluem o ar com veículos desregulados). Nem todos os homenageados estão nesta categoria, mas uma boa parte e os mais bajulados estão.

Que os vereadores façam homenagens a TODOS  os cidadãos trabalhando em prol da cidade e defendendo TODOS os cidadãos dignos e honestos de Tucuruí.
Por outro lado está a imprensa alugada que sobrevive às custas de polpudos contratos com a PMT, a iludir e a esconder fatos importantíssimos da população, que é na verdade quem os sustenta. 

Pobre Tucuruí. 

Que direito tem estes parasitas e ilusionistas de decidir por conta própria o que o povo pode ou não pode saber? Quer dizer que só a direção da imprensa alugada e os políticos têm maturidade e inteligência para saber a verdade do que acontece em Tucuruí? O povo não pode saber certas coisas talvez por sermos ignorantes e retardados? É isso que pensam da gente?

Vejam bem meus caros amigos, visitar o Folha pode fazer a diferença entre viver e morrer, sem nós vocês não teriam chances de se defender e de se prevenir. 

Para eles todos nós não passamos de massa de manobra política, eles não têm nenhum compromisso para com a verdade e para com o bem estar público.

ISSO É LAMENTÁVEL!!!

3 comentários:

  1. Sobre este tema, envio texto que considero importante sobre a atividade de mídia em nosso país. E com base nesta matéria é importante refletir sobre como a mídia exerce um poder muito grande sobre a sociedade. Mas há alternativas para contrapor a esse jogo de interesses, como exemplos: rádios comunitárias, boletins, sites e outros meios de comunicação.

    Quem perde é a democracia
    O que se vê é que a grande mídia tem se colocado acima das leis, da Constituição e das decisões do Judiciário, apesar de se apresentar como defensora suprema das liberdades. Ao mesmo tempo, se recusa a debater, boicota conferências, distorce e omite informações, sataniza movimentos sociais, partidos, grupos e pessoas que não compartilham de seus interesses, projetos e posições.
    Um dos princípios básicos da democracia é exatamente que qualquer tema pode e deve ser discutido pela cidadania. É assim, dizem os liberais, que se forma a opinião pública esclarecida, responsável, em última instância, pela escolha periódica e legítima dos dirigentes políticos do país.
    Na democracia praticada pela grande mídia brasileira, no entanto, as comunicações devem ser permanentemente excluídas desse debate.
    Qualquer pré-projeto, projeto, estudo, carta de intenções que se encontre em alguma gaveta de um ministério que inclua ou insinue o debate sobre a mídia será, automática e irreversivelmente, rotulado de “ameaça autoritária” e/ou “ataque à liberdade de expressão”.
    A rotina é sempre a mesma: um jornalista encontra um desses pré-projetos, projetos, estudos e/ou carta de intenções; o jornalão dá manchete de primeira página alertando para o mais novo ataque do governo à liberdade de expressão e/ou à liberdade de imprensa; os outros jornalões (revistas e emissoras de rádio e televisão) repercutem a matéria entrevistando as mesmas fontes de sempre – pessoas e/ou entidades. Em seguida, todos publicam editoriais e/ou artigos de “analistas” sobre “as ameaças” autoritárias. Está armado o cenário.

    ResponderExcluir
  2. (continua...) Constituição não é parâmetro?
    Despreza-se inteiramente a necessidade de leis federais, vale dizer, de um marco regulatório, que regulem a atividade de mídia, inequivocamente expressa na Constituição. Está escrito:
    Art. 221. A produção e a programação das emissoras de rádio e televisão atenderão aos seguintes princípios:

    I - preferência a finalidades EDUCATIVAS, artísticas, culturais e informativas;
    II - promoção da cultura nacional e regional e estímulo à produção independente que objetive sua divulgação;
    III - regionalização da produção cultural, artística e jornalística, conforme percentuais estabelecidos em lei;
    IV - respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família.

    E a democracia?
    Como explicar, a atitude cada vez mais intolerante da grande mídia? Onde encontrar hipóteses e/ou explicações para um comportamento que, tudo indica, é deliberadamente articulado?
    Acuar o governo e impedir que ele tome qualquer iniciativa no setor? Intimidar os movimentos sociais? Garantir a manutenção de interesses ameaçados? Estratégia de combate para o ano eleitoral?
    Seja qual for a explicação, a principal derrotada é a democracia, exatamente o valor que a grande mídia simula defender.

    Venício Lima (Pesquisador Sênior do Núcleo de Estudos sobre Mídia e Política da Universidade de Brasília - NEMP – UNB)

    ResponderExcluir
  3. carlos a m vieira3/04/2010 3:36 PM

    enquanto o Pará tiver influencia de politicos morinbundos , como os que estão ai, principalmente os do PMDB/PT, (barbalhões), veremos o que ocorre corriqueiramente neste Estado.
    Para dar um basta nisso ... não sei...é pior gripe suina, aids, etc...só nascendo de novo.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!