Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Quando será divulgado o Edital do Concurso da PMT?

          
Dizem pelas ruas de Tucuruí que o Edital do Concurso da PMT será divulgado no dia 9, ou seja, na sexta-feira. Estes boatos às vezes conferem outras não, vamos ver.
         
No entanto acredito, e espero estar enganado, que este concurso será um dos maiores golpes dado pelo prefeito nos últimos quase dez anos na Prefeitura de Tucuruí, explico: A prefeitura tem algo em torno de 2.500 (dois mil e quinhentos contratados), a maioria ocupando cargos sem necessidade da administração pública, são os parentes e cabos eleitorais do prefeito e dos vereadores. Normalmente são utilizados para captação de votos em troca de emprego público sem concurso.
        
Pois bem, o Prefeito quer e precisa destes cargos na campanha eleitoral deste ano, já que quer eleger a sua esposa deputada estadual, no entanto está sofrendo pressão do Ministério Público e da Justiça, já que há OITO ANOS a Prefeitura de Tucuruí não faz concurso público, então qual será a estratégia do prefeito para aliviar a pressão e ao mesmo tempo garantir o máximo de contratos e de votos de cabresto?
          
Simples, oferecer um mínimo de vagas para o concurso e reservar para si o máximo de vagas a serem trocadas por votos, simples assim.
        
Vamos fazer algumas continhas:
         
1 - A PMT emprega 2.500 contratados, portanto pela lógica existem 2.500 vagas.
       
2 - A PMT oferece 416 vagas, portanto 16.64% das vagas disponíveis.
      
3 - O Sancler vai ficar com 2.000 vagas para empregar amigos, parentes e cabos eleitorais, resumindo: Trocar por votos.
       
4 - Mas a conta não é tão simples assim, cada um destes 2000 cabos eleitorais deve conseguir em média pelo menos uns três votos de parentes, o que dá em torno de 8.000 votos.
             
Lembrando que a primeira dama será candidata do PSDB, o partido do Governador, a primeira dama vai concorrer com candidatos muito mais experientes e com boa votação, ou seja, a eleição não é fácil, mesmo com uma campanha que deve ser milionária. Neste cenário 8.000 votos obtidos através de contratos na prefeitura, fazem muita diferença para o prefeito, e pode decidir a eleição e a vaga de deputada para sua esposa.
              
ISSO NÃO É JUSTO, pois a população de Tucuruí precisa de uma chance justa de conseguir um emprego na Prefeitura, sem ter que ser obrigada a vender seu voto e bajular prefeito e vereador. O pior é que entre estes contratados tem muito parente de empresário e de político que nem precisa do emprego, e alguns nem moram em Tucuruí, moram em Belém e em outras cidades e até em outros Estados.
                  
Isso sem contar que a PMT continuará contratando sem concurso público para órgãos como a CTTUC e IPASET, órgãos que continuarão a ser cabide de emprego e fábrica de votos. É preciso que os sindicatos SINSMUT, SINTEP, a OAB e a sociedade organizada não permitam que esta farsa vá em frente e se concretize, recorrendo a todos as instâncias do poder judiciário caso seja necessário, para a garantia do cumprimento à Lei e garantia da defesa do interesse público.
            
Tem muitos Tucuruienses que são profissionais sérios e competentes e precisam sustentar suas famílias, mas estão desempregados e passando privações, isso porque o prefeito precisa de votos e porque tem muitos apadrinhados e muito riquinho ocupando vagas na Prefeitura, sem merecimento e sem necessidade.
          
ISSO É UMA VERGONHA!!!
              

6 comentários:

  1. Sou tucuruiense, mas há alguns anos mudei para outro Estado para estudar, apesar da minha família ainda residir em Tucuruí. Estou esperando essa oportunidade para voltar a morar na minha linda e amada cidade. Espero que esse concurso seja sério e que eu seja aprovada e classificada. rsrs...

    ResponderExcluir
  2. Nossas fontes nos informaram que o Prefeito já contratou a empresa para fazer o concurso das 416 vagas. Se isso aconteceu significa que o Prefeito já tem conhecimento antecipado da decisão da justiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há segurança quanto a isonomia do certame? Duvido muito, ainda mais se tratando de algo que começou tão mal.

      Excluir
    2. O certame vai ser fiscalizado pelos sindicatos, o que pode dificultar alguma possível fraude, no entanto em se tratando de Tucuruí tudo é possível, pois o prefeito está acima da Lei e goza de total impunidade.

      Excluir
  3. Falta a mais nova de todas a GAMASPA tem muitos contratados e vão contratar muito mais ainda

    ResponderExcluir
  4. O que o povo não sabe é que existe uma ***** de horas extras, conheço muita gente que trabalha na saúde que recebe até 120 horas extras a 100% e não cumpre nem sua carga horária de 6 horas diárias. Tem também servidores da FUNASA à disposição da secretaria de saúde e mais contrato, esses deveriam trabalhar no mínimo 12 horas, porém não trabalham nem quatro e ainda ganham horas extras.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!