Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Notícias de hoje - Carro pega fogo e Um mau exemplo

Carro pega fogo no GETAT
       
            
Um carro pegou fogo hoje na Rua Ceará no GETAT. O Fogo começou provavelmente por causa de um curto circuito na instalação elétrica do veículo e por pouco não incendiou a residência da proprietária.
          
Os bombeiros foram chamados e debelaram as chamas. Ninguém se feriu, foi apenas um susto e danos materiais.
          
Um mau exemplo
                 
     
Este é um caminhão que presta serviço para a Prefeitura de Tucuruí. Vejam como os funcionários da Secretaria de Urbanismo são transportados na caçamba junto com outros vários materiais e arriscando a cair e perderem suas vidas. Para variar a Prefeitura de Tucuruí não obedece à legislação. 
    
A prefeitura de Tucuruí tem verdadeira obsessão em desrespeitar a Lei. Acho que o prefeito tem um certo prazer em mostrar ao povo de Tucuruí quem é que manda e que para ele não tem Lei e não tem justiça. Que moral tem a CTTUC para multar o cidadão se todos os "agentes" estão ilegais na prefeitura administrada pelo seu "patrão" Sancler Ferreira (PPS) e a PMT é a primeira a desrespeitar as Leis de Transito? Agora vai um cidadão fazer a mesma coisa...
                
Vejamos o que diz a Lei:
   
Art. 230. Conduzir veículo:II – transportando passageiros em compartimento de carga, salvo por motivo de força maior, com permissão da autoridade competente e na forma estabelecida pelo CONTRAN; Infração: gravíssima; Penalidade: multa e apreensão do veículo;Medida administrativa: remoção do veículo”2. 
             
Para transportes de pessoas na parte de carga, a resolução pré-citada especifica as condições mínimas para que seja autorizado, bem como as regras gerais para tal transportes, vejamos algumas:
          
Art. 3º São condições mínimas para concessão de autorização que os veículos estejam adaptados com: 
I - bancos com encosto, fixados na estrutura da carroceria; 
II – carroceria, com guardas altas em todo o seu perímetro, em material de boa qualidade e resistência estrutural;
III - cobertura com estrutura em material de resistência adequada; Parágrafo único. Os veículos referidos neste artigo só poderão ser utilizados após vistoria da autoridade competente para conceder a autorização de trânsito.
        
Art. 4º Satisfeitos os requisitos enumerados no artigo anterior, a autoridade competente estabelecerá no documento de autorização as condições de higiene e segurança, definindo os seguintes elementos técnicos:I - o número de passageiros (lotação) a ser transportado;II - o local de origem e de destino do transporte;III - o itinerário a ser percorrido;IV – o prazo de validade da autorização.
            
Art. 5º O número máximo de pessoas admitidas no transporte será calculado na base de 35dm2 (trinta e cinco decímetros quadrados) do espaço útil da carroceria por pessoa, incluindo-se o encarregado da cobrança de passagem e atendimento aos passageiros.
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!