Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

sábado, 9 de agosto de 2014

Relatório do TCM aponta diversos problemas na prestação de contas da Prefeitura de Tucuruí parte I



TCM - Relatório Técnico Inicial
     
O Relatório da prestação de contas da Prefeitura de Tucuruí em 2010 aponta diversas irregularidades na prestação de contas da PMT.
            
Em 2010 a PMT arrecadou R$ 175.669.131,19 (Cento e setenta e cinco milhões, seiscentos e sessenta e nove mil, 131 Reais e nove centavos).
         
Com relação às despesas empenhadas tem algumas que são uma verdadeira piada, vejam:
            
1 - Despesas com Agricultura: 2.335.912,10 mais de dois milhões em agricultura?

2 - Gastos com a Câmara Municipal, repasses: 4.157.668,68, quase cinco milhões com a Câmara Municipal, este é sem dúvida o maior desperdício de dinheiro público, quase cinco milhões gastos só em 2010 com a Câmara Municipal, este dinheiro deveria ser empregado para beneficiar a população e não para sustentar uma legislatura inútil e ineficiente.

3 - Gestão Ambiental: Quando foi que a PMT gastou R$ 1.281.838,70 (Um milhão, duzentos e oitenta e um mil, oitocentos e trinta e oito Reais, e setenta centavos) com Gestão Ambiental? A SEMMA neste e no governo passado funciona aos trancos e barrancos praticamente à míngua de recursos.
  
Gastos com pessoal:
   
A PMT gastou com pessoal (Folha de Pagamento) em 2010 R$ 107.384.987,81 (cento e sete milhões, trezentos e oitenta e quatro mil, novecentos e oitenta e sete Reais e oitenta e um centavos), que corresponde a 62,59% da arrecadação, descumprindo o limite máximo estabelecido pela Constituição Federal.
              
Quanto a isso o truque do Prefeito é maquiavélico. Em dezembro o Prefeito demite todos os contratados e cargos de confiança, e a Folha de Pagamento é reduzida pela metade em janeiro e fevereiro (comissionados e contratados trabalham de graça), assim a média anual de gastos com pessoal diminui artificialmente e de forma perversa, e mesmo assim a Folha de Pagamento da PMT ultrapassa o limite estabelecido pela Constituição.
             
O repasse da Câmara Municipal que foi de R$ 4.128.160,26 (quatro milhões) em 2010, e corresponde a 4,15% da arrecadação, um verdadeiro desperdício de dinheiro público, é dinheiro jogado fora. Infelizmente os vereadores de Tucuruí não merecem à confiança dos tucuruienses que os elegeram e não retribuem os milhões que o povo de Tucuruí gasta para pagar os seus salários e os gastos com a Câmara Municipal.
         
Na próxima matéria vamos continuar a discutir as receitas e despesas da Prefeitura em 2010. Tem muita coisa que os tucuruienses precisam saber sobre como o prefeito Sancler "gasta" os recurso da Prefeitura de Tucuruí. Se os vereamadores de Tucuruí justificassem a confiança e os gastos que a população tem para os manter e sustentar, seriam eles quem estariam fazendo este trabalho de fiscalizar a Prefeitura. O trabalho de do vereador é fiscalizar e não esculhambar e parasitar a prefeitura. Isso é uma vergonha!!!
         
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!