Alterar o idioma do Blog

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

DETRAN – Denúncia revela tramóia de Campos


Sem que os representantes do poder público cumpram as leis, como convencer o cidadão comum a respeitá-las? Esta é a pergunta que não quer calar, diante da denúncia segundo a qual o atual diretor geral do Detran (Departamento de Trânsito do Estado do Pará), Alberto Campos (foto), infringiu a lei para aquinhoar, com a carteira nacional de habilitação a nova diretora Administrativa e Financeira do órgão, Maria Denise da Silveira.
Segundo a denúncia, o episódio é emblemático do caos no qual submergiu o Detran, na gestão de Alberto Campos como diretor geral. A exemplo do próprio Alberto Campos, Maria Denise da Silveira é também pastora da Igreja do Evangelho Quadrangular e, enquanto permaneceu permissionada, acumulou três infrações, duas das quais catalogadas como gravíssimas, somando um total de 18 pontos. Isso, sublinha também a denúncia, a impediria, pela lei, de obter a carteira nacional de habilitação. Mas, mesmo assim, Maria Denise da Silveira conseguiu a carteira, sob as bênçãos do próprio diretor geral do Detran. Do Blog do Barata

Um comentário:

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!