Alterar o idioma do Blog

sábado, 30 de janeiro de 2010

James resiste à pressão

Nossas fontes nos informaram que o James teria sido contatado por políticos locais, que o pressionaram para que desistisse do processo na justiça eleitoral (já havíamos cantado a pedra). Estes "políticos" teriam citado a aprovação das contas do Vieira como forma de pressão.

James teria dito que a prestação de contas do Vieira relativa ao seu mandato como ex-presidente da Câmara Municipal era de responsabilidade do Vieira e que ele (James) só tem uma palavra e vai até o fim.

Político de palavra, coisa mais difícil que tirar leite de onça aquí em Tucuruí. Vamos continuar a acompanhar os acontecimentos e manter o povo informado sobre os acontecimentos na política tucuruiense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!