Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

sábado, 5 de julho de 2014

Brasileiros, os que têm complexo de vira-latas não nos representam...

Ele é bonitinho, mas não representa o Brasil.
COMPLEXO DE VIRA-LATAS
      
"Por complexo de vira-lata entendo eu a inferioridade em que o brasileiro se coloca, voluntariamente, em face do resto do mundo". Nelson Rodrigues, 1958.
             
Então... lembra daquele vídeo que tá correndo pelo Facebook, que reclama do complexo de viralatas do brasileiro e da incômoda aposta que a imprensa inteira fez no fracasso da Copa? Pois é... o ator José de Abreu regravou o texto (ou refez a locução, se você assim preferir). O vídeo ficou ainda mais arrepiante.
            
O vídeo original foi compartilhado pelo músico mineiro Flávio Henrique em sua página no Facebook, e já ultrapassou os dez mil compartilhamentos. A regravação com José de Abreu foi postada no Youtube por Ana Paula Siqueira.
            
Vejam o vídeo:
 

   

4 comentários:

  1. Video completamente tedencioso, reforçando ainda mais minha opinião sobre o blog, que pra mim interamente partidario, se igualando aos meios de comunicação de nossa cidade.
    Condordo temos a Copa das Copas, porém o custo foi muito alto pra isso acontecer, e todos somos sabedores quer os valores triplicaram em relacao ao orçamento inicial.

    ResponderExcluir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opinião é opinião, cada um tem a sua e isso não se discute. Quanto ao custo da copa prefiro aguardar o julgamento das contas pelo TCU e se for o caso pela justiça. É difícil formar uma opinião baseado em informações da grande mídia que no Brasil é tendenciosa, golpista e age como se fosse um partido político, a mesma imprensa que disse e afirmou com todas as letras que não ia ter copa, e se tivesse seria um fracasso, uma vergonha. Não foi, estavam errados.
      A grande imprensa é mercenária e trabalha para quem paga mais e de acordo com os seus interesses e não se importa e não dá à mínima para a verdade dos fatos.
      Por mais que tenhamos motivos para denunciar irregularidades na Prefeitura de Tucuruí, ou criticar gastos como mais de um milhão só com salgadinhos e refrigerante e dois milhões com carnaval, não ofendemos e nem permitimos ofensas pessoais contra o prefeito, e jamais em qualquer circunstância teríamos a coragem de mandar uma senhora (ou qualquer outra mulher) de 67 anos tomar no c* em particular ou na frente da sua filha e do mundo todo. Homem que é homem não ofende e nem agride mulher, o mundo todo viu o pouco respeito que se tem para com as mulheres no Brasil, tanto que nem a Presidente da República escapa das agressões.
      Foi uma vergonha nacional, uma atitude digna de pessoas ignorantes, sem educação, que não respeitam nada e ninguém, criminosos que não representam o Brasil, e sim a escória e o que tem de pior na política brasileira.
      Quanto ao Folha, nós temos o direito de ter opinião, assim como você, ainda mais que o Folha é um Blog particular, sem fins lucrativos, não é uma concessão pública e não depende de governos ou de dinheiro público. Pelo que eu sei, estamos em uma democracia... Ou não?

      Excluir
    2. Peço desculpa, pois pensei que fosse um blog de ultilidade publica por isso fiz a colocação acima.

      Excluir
    3. Considere-se desculpado, a informação sobre os objetivos do Blog está na barra lateral direita da página. No caso do Folha, nosso Blog pode ser classificado como Blog de Gênero, com assuntos variados e com destaque nos acontecimentos políticos e na administração pública.
      Definição de Blog de Gênero (Wikipedia): ''São blogs com um gênero específico, que tratam de um assunto dominado pelo usuário, ou grupo de usuários. Sendo que os Blogs de Gênero podem apresentar conteúdos variados, como humorísticos, notícias, informativos ou o de variedades, com contos, opiniões políticas e poesias. Algumas categorias de blogs recebem denominações específicas, como: blogs educativos, blogs literários, Metablogs, etc.''

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!