Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Crianças em situação de risco no lixão da prefeitura

     
O lixão da Prefeitura de Tucuruí na Estrada Bom Jesus.

Detalhe das criancinhas brincando no lixão, os brinquedos são:
Uma seringa descartável e uma camisinha usada
O Aterro Sanitário Fantasma. 
                

Segundo informações ainda em 2010, a prefeitura no começo da administração do Prefeito Sancler Ferreira (PPS), comprou uma Área de Preservação Permanente, do Pastor Adauto com a justificativa de fazer ali um Aterro Sanitário. Segundo relatos a compra teria sido intermediada pelo Secretário de Gabinete da PMT.

    
A área de 35 alqueires teria custado R$ 30.000,00 trinta mil por alqueire, totalizando R$ 1.050.000,00 um milhão e cinquenta mil. Ora, em se tratando de APP caso o pastor tivesse vendido a R$ 5.000 cinco mil o alqueire (O que daria R$ 150.000,00 com uma economia de R$ 900.000,00) ainda estaria no lucro, pois o proprietário legalmente não poderia fazer nada nesta área, mas o prefeito pode, já que ele não respeita Lei nenhuma mesmo. 
   
Mas até hoje 30 de julho de 2014, portanto há mais de quatro anos, o tal de Aterro Sanitário não saiu do papel e as obras nem mesmo foram iniciadas, sendo que a prefeitura continua usando lixões. A área comprada para o tal Aterro Sanitário está na juquira e serve apenas de pasto para os bois das fazendas vizinhas. Vejam a matéria que o Folha fez em 2010.
    
Crianças em situação de risco 
   
Enquanto isso crianças catam lixo no lixão da Prefeitura, estas que podem ser vistas nas imagens tem entre três e cinco anos de idade, não dá para ver nas imagens, mas a menor está brincando com uma seringa como pistola de água e a outra com uma camisinha usada. É assim que as crianças carentes de Tucuruí são tratadas pela PMT, abandonadas em lixões vivendo e se alimentando de lixo. Esta é a Tucuruí verdadeira, não aquela que é apresentada nos programas da prefeitura pagas a peso de ouro com o dinheiro dos impostos cobrados do povo. Centenas de famílias estão abandoando a cidade, ou sendo obrigadas a viver pedindo esmolas e vivendo de catar e se alimentar de lixo, pois o desemprego na cidade é uma coisa de louco. 
     
Isso é uma vergonha!!!
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!