Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Paraense poderá fazer denúncias eleitorais por WhatsApp

Paraense poderá fazer denúncias eleitorais por WhatsApp

Número para envio de denúncias pelo aplicativo é o (91) 8403-5255

Imagem do Folha.
Denúncias de irregularidades eleitorais no Pará agora poderão ser feitas com apenas alguns cliques no celular. A Procuradoria Regional Eleitoral no Estado (PRE/PA) anunciou nesta quinta-feira, 5 de junho, o serviço de recebimento de denúncias pelo aplicativo WhatsApp, que facilita e reduz os custos do envio de mensagens, fotos e vídeos. O número de contato é o (91) 8403-5255.
Para que a denúncia possa permitir uma atuação eficaz do Ministério Público Eleitoral, é preciso que o denunciante envie o maior número possível de dados, como localização, dia, hora, nomes de pessoas e circunstâncias que possibilitem a identificação de algum crime ou irregularidade eleitoral.
O Ministério Público Eleitoral solicita que fotos, áudios e vídeos que possam complementar as denúncias e ajudar nas investigações também sejam enviadas, utilizando a facilidade de envio de arquivos multimídia proporcionada pelo WhatsApp.
“Colocar à disposição dos cidadãos paraenses a possibilidade de denunciar irregularidades eleitorais com instantaneidade e riqueza de dados e detalhes é a forma que o Ministério Público Eleitoral no Estado encontrou de aproveitar o avanço tecnológico para aprimorar sua atuação de fiscalização e combate às irregularidades e ilegalidades eleitorais”, explica o Procurador Regional Eleitoral, Alan Rogério Mansur Silva.
A iniciativa da PRE/PA inaugura o uso do WhatsApp no Ministério Público Federal (MPF) para o recebimento de denúncias. O aplicativo é um sistema de mensagens multiplataforma que permite trocar mensagens pelo celular sem pagar pelo SMS (serviço de mensagem curta, na sigla em inglês). Está disponível para smartphones iPhone, BlackBerry, Windows Phone, Android e Nokia.
Segundo a imprensa especializada, atualmente o WhatsApp tem 500 milhões usuários, que atingem uma média de 19 bilhões de mensagens enviadas por dia, compartilhando um total de 700 milhões de fotos e 100 milhões de vídeos diários. Só no Brasil são 38 milhões de usuários do aplicativo.
Pesquisa divulgada no final de 2013 constatou que o WhatsApp é o aplicativo de mensagens instantâneas mais usado no Brasil, com 72% da preferência dos usuários. O mesmo estudo mostrou que 67% dos usuários brasileiros usam aplicativos de mensagens mais de dez vezes por dia, contra 40% dos que preferem os SMS.
Protocolo - As mensagens e denúncias recebidas por meio do Whatsapp não gerarão número de protocolo ao denunciante. Caso o denunciante queira obter número de protocolo, para acompanhar a tramitação da denúncia no Ministério Público Eleitoral, é preciso que a denúncia seja feita pela Sala de Atendimento do Cidadão, de forma presencial, em uma das unidades do MPF no Estado (endereços emwww.prpa.mpf.mp.br), nas unidades do Ministério Público do Estado nos municípios (endereços em www.mp.pa.gov.br) ou pela internet, no site www.cidadao.mpf.mp.br.

Serviço:

  • Informações sobre irregularidades mais frequentes nas eleições, condutas vedadas (proibidas) aos agentes públicos em período eleitoral, e o que é permitido e proibido nas campanhas: acesse aqui a cartilha
  • Número para denúncias eleitorais por WhatsApp no Pará: (91) 8403-5255
  • Página para download do WhatsApp: acesse aqui

Procuradoria Regional Eleitoral no Pará
Assessoria de Comunicação
(91) 3299-0148 / 3299-0177 / 8403-9943 / 8402-2708
ascom@prpa.mpf.gov.br
http://www.prpa.mpf.mp.br/institucional/pre
http://twitter.com/MPF_PA

2 comentários:

  1. Curioso que não há nenhuma forma de denúncia anônima né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denuncia na Justiça Eleitoral não pode ser anônima. E o motivo é muito simples, a apuração de crime eleitoral tem de ser rápida e a Justiça não tem tempo para verificar denuncias infundadas.
      Mas se você quiser denunciar e não quiser se identificar, mande a denuncia E AS PROVAS para o Folha que nós denunciamos após checar, e sua identidade não será revelada.
      Simples assim.

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!