Alterar o idioma do Blog

terça-feira, 24 de julho de 2012

Corruptos brasileiros enviaram mais de 1,1 trilhão para paraísos fiscais


Trecho de uma matéria do Blog do Parsifal.
   
"China, Rússia, Coreia do Sul e Brasil: os que mais evadem
  
O estudo revela os 20 países de onde mais se evadiu divisas até 2010: em 1° lugar está a China, com US$ 1,1 trilhão evadidos, em 2° a Rússia, com US$ 798 bilhões, em 3° a Coreia do Sul, com US$ 796 bilhões.
  
Em 4° lugar está o Brasil, com US$ 520 bilhões, o equivalente a R$ 1,1 trilhão. O PIB do Brasil, em 2011, foi de US$ 2,5 trilhões: há brasileiros, portanto, que têm depositado em paraísos fiscais, quase a metade do nosso PIB.
  
O estudo usou dados do Banco de Compensações Internacionais, do FMI, do Banco Mundial e de governos. Não foram considerados bens imóveis, móveis ou ações.
   
Parte dos depósitos está bloqueada
  
Muitos desses depósitos estão bloqueados em países como EUA, Inglaterra e Suíça, a maioria oriunda de ditadores ainda no poder ou depostos. Especula-se, por exemplo, que Kadafi, o morto ditador líbio, teria cerca de US$ 20 bilhões fora da Líbia.
  
Um dos trechos do relatório afirma que "há muitos anos, os governos sabem que há recursos em paraísos fiscais. Mas muitos governantes optam por não taxar estes recursos. Até porque eles próprios estão entre os que remetem para os paraísos fiscais"
. Leia a matéria completa.
  
Opinião do Folha - Já estamos em quarto lugar em desvios de dinheiro para paraísos fiscais, se nos esforçarmos mais um pouquinho conseguiremos chegar no primeiro lugar entre os paises com mais corruptos e sonegadores do mundo. Já estamos a caminho e nossos políticos estão se esforçando.
  

Um comentário:

  1. Só uma questão de correção do português, "enviaram se escreve com N, e não com M". Enviaram seria o correto.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!