Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Mais reações à tentativa corporativista de esvasiar o CNJ

A OAB nacional se manifesta e defende o CNJ.


---------------------------------------------------------
Contas abertas: quem não deve não teme

Os juízes Marcos Peixoto, Alcides da Fonseca e João Batista Damasceno e os desembargadores Siro Darlan e Rogério Oliveira, do TJE-RJ, abriram sigilo bancário, telefônico e fiscal – e de seus parentes também - para a ministra Eliane Calmon. A decisão é uma demonstração de apoio às investigações do CNJ e sinal de que nem tudo está perdido no Judiciário. No Rio, há 900 juízes e 180 desembargadores.

A desembargadora Márcia Perrini resolveu aderir e também colocou o seu patrimônio e o da família à disposição de qualquer avaliação da ministra. ‘Temos obrigação de prestar contas. O trabalho da ministra é dar transparência ao Judiciário’, defende Siro Darlan. Veja a matéria completa.
----------------------------------
Opinião do Folha - Belo exemplo, mais uma prova de que o bom cidadão não tem o que esconder e do que se envergonhar. 
São exemplos como estes que renovam em nós a fé no bem e a confiança nas instituições democráticas, por isso nunca concordamos com as generalizações, é preciso sempre separar o joio do trigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!