Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

domingo, 11 de dezembro de 2011

Plebiscito

Nenhuma surpresa, com 100% dos votos apurados, se confirmou a pesquisa do Data Folha.

Resultado: 

Não = 66,59% 
Sim = 33,41%

Pesquisa Data Folha (margem de erro 3%).

Sim  = 31 %
Não = 65%

O resultado prova que o programa do rádio e televisão não influíram em nada, já que os percentuais continuam os mesmos, as migrações dos indecisos foram proporcionais para o Sim e para o Não.

9 comentários:

  1. o povo quer o pará grande mesmo todos sabem que a divisão so iria ganhar os politicos claro pena que o povo do folha tentou enfluenciar nós internautas que a divisão resouveria o problema mais cada um tem sua opinião, valeu povo e isso ae ninguem divide o nosso pará ainda mais quando os politicos que estavão atras das frentes a favor nem do pará era valeu galera gostaria que o folha divulgase como foi o dia da eleição em tucurui

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca fiz campanha contra a divisão mais sempre que me perguntado eu respondia eu voto contra, primeiro por que os interessados na divisão sempre acharam que nós ainda éramos “cabocos’ com isso se desfazendo dos indígenas colocaram o nome dos Estados com nomes indígenas Estado de Carajás e Estado do Tapajós, sabendo a maioria dos paraenses que os interessados na divisão só queriam a devastação do que resta da floresta paraense, mais o consciência dos verdadeiros paraenses disseram NÃO, catorze milhões de reais foram gasto atoa

    ResponderExcluir
  3. Políticos é uma desculpa para que não tem coragem,de dividir,pois somos nos que colocamos,corruptos tem em todo lugar,uma coisa é certa vamos continuar chupando o dedo,pois todo nosso dinheiro vai para capital. Para fazerem fará na capital. mais uma coisa gostei tambem,o prefeito pedeu mais uma vez.

    ResponderExcluir
  4. O Pará perdeu a chance de melhora pra todo mundo, agora a vida continua,miséria,violência, fome, gente morrendo nas filas de hospitais,sem moradia, educação de péssima qualidade etc, etc, esse é meu Pará voltando a vida normal.

    ResponderExcluir
  5. agora a culpa de tudo é da capital, acorda! pois tucuruí, é um município milionário é não precisa mendigar recursos, de ninguem, assim como muitos municípios o problema, é o mau uso do dinheiro público, ou seja ,xxxxxxx mesmo, agora inventaram essa desculpa de que todo o dinheiro vai para a capital,no sul do país tem muitos municípios em que a qualidade de vida é muito melhor e com menos recursos.
    ----------------
    É mesmo, quais são estes municípios maravilhosos, fica no Pará mesmo ou na Suíça???

    Esta nós queremos ver, qualidade de vida independente de recursos financeiros e investimentos governo do Estado e Federal, um milagre e tanto, não esconda nada mostra pra gente...

    De repente com a "vitória" do Não os políticos paraenses abandonam a corrupção e o desvio do dinheiro público. Eles podem começar devolvendo os recursos da fraude na licitação para a recuperação da PA 150.

    A separação se dará mais cedo ou mais tarde, impulsionada pelos 90% de votos do Sim em Carajás e Tapajós, independente da vontade da elite latifundiária/colonizadora belenense, é só uma questão de tempo.

    ResponderExcluir
  6. a maioria dos votos do sim foi so onde seria a capital no caso marabá e santaren povo do folha vc´s são tão inteligente porque acreditaram que a divisão iria resouver o proplema?

    ResponderExcluir
  7. voces são muito preconceituosos e egoístas,pois o povo do pará nunca o foi(egoista e preconceituoso), sempre recebeu todo mundo de braços abertos, é um dos povos que mais recebe bem, eu mesmo fui muito bem acolhido neste estado,agora estão querendo por força causar uma guerra por causa disso tudo com essa tal de separação que inventaram, estavam prometendo coisas que jamais seriam feitas, por políticos oportunistas , o assunto já tá de bom tamanho acho que vocês tem é que parar de incitar o ódio, entre os municípios, já tá mais do que provado que a maioria desses políticos que queriam dividir o estado tá mais sujo do que pau de galinheiro, eles é que desagregaram as pessoas , esses aí também vão levar bomba nas urnas. e olha! existe sim município com menos recursos em outros estados do que tucurui que recebe milhões por mês, agora a culpa de tudo é de belém, fizeram uma campanha mal feita e agora estão querendo arrumar um bode expiatório para a derrota, isso foi a cobiça grande demais, foram com muita sede ao pote.

    ResponderExcluir
  8. acho que voces já estão pegando pesado com essa história de elite latifundiária/colonizadora belenense, assim voces estão ofendendo muitas pessoas de bem, que residem naquela região, gostaria muito que voces se retratassem, pois estão ofendendo muitas pessoas com estas palavras, ninguem foi forçado a votar, estamos vivendo em uma democracia!

    ResponderExcluir
  9. Mais de 1,2 milhões de Paraenses natos e os de coração (Os Forasteiros, como são vistos pela frente do "não") votaram a favor da criação dos Estados de Carajás e Tapajós, retratando a vontade de um povo esquecido pelo poder público em todas as suas instâncias. Será que são essa pessoas as egoístas? Querer buscar melhorias para suas vidas é ser egoísta? Se for, eu sou um entre milhões de egoístas que buscam melhoras, dignidade, valor humano, cidadania e outros !!
    São mais de 1,2 milhões de Paraenses que querem tudo isso, e não meia dúzia de políticos como disseram e dizem por aí. Essas regiões que querem a criação desses Estados foram quase que unanimes quando votaram pelo SIM, e simplesmente não estão levando em consideração a vontade desse povo que clama por melhorias em suas vidas e de seus filhos. Vejo pessoas que se opuseram a criação dos Estados tripudiando em cima da desgraça dos que buscavam uma saída para o CAOS em que nos encontramos, isso é um absurdo e uma falta de respeito com toda essa gente.
    O meu Estado do Pará já está dividido, isso é fato, e contra os fatos não há argumentos!! Não há nada que o governo tente fazer, até por que não há o que fazer, pois o Estado está QUEBRADO e não pode nos tirar desse buraco, não com esse sistema de políticas públicas que aí está. Sistema centralizador e corrupto, que beneficia sim, as mesmas classes e os mesmos políticos elitizados da metrópole, isso é fato. Só não enxerga quem não quer, ou quem acha melhor e mais viável tapar os olhos e fingir que está tudo bem, tudo uma maravilha e que não precisa mudar nada !!!
    A corrupção sem dúvidas nenhuma é um mal a ser combatido, tendo se criado os Estados ou não. Acontece que o grande eleitorado está na metrópole, ficando nas mãos deles quem fica e quem sai. Não que o eleitorado aqui não tenha influência, mas é lá que se decide o que vai acontecer, isso também é fato. Vejam o plebiscito. Não estou tirando a responsabilidade de ninguém, mas aqui não se decide muita coisa a nível de Estado, pois os possíveis representantes dessas regiões são votos vencidos na assembléia legislativa.
    Estou indignado mas não derrotado!! É assim que me sinto e creio que esse é o sentimento dos que votaram a favor dos Estados de Carajás e Tapajós, que é mais de 90% do eleitorado dessas regiões.
    Um abraço a todos!! A luta continua.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!