Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A quem interessa um Ministério Público fraco, desacreditado e omisso?

O texto abaixo que pinçamos do Blog da Franssinete é de autoria do Promotor de Justiça José Maria Costa Lima Jr. e reflete perfeitamente o nosso pensamento, sobre o real interesse daqueles interessados em desmoralizar a Instituição Ministério Público perante a sociedade.

"O MP e a sociedade"

“O Ministério Público é uma instituição vocacionada para a luta em defesa dos mais relevantes valores sociais, sendo formado por diligentes e dedicados membros  que procuram diariamente servir à sociedade, ajuizando e atuando mas mais diversas ações civis e criminais, nos mais variados trabalhos extra-judiciais e, ainda, dando exemplos marcantes de probidade, honra, garra e dedicação aos que nos procuram e na luta contra os mais poderosos que agem à margem da lei.

Logo, o desmonte do perfil constitucional do Ministério Público nos preocupa, e já está em marcha há algum tempo, e nisso se empenham poderosos criminosos, independentemente de coloração ideológica. Tentam calar a imprensa, calar o Judiciário, manipular o Legislativo e acuar a sociedade. Assim, resta refletir: a quem interessa um Ministério Público letárgico e subserviente? A quem interessa um MP inerte e omisso?

Por isso, precisamos defender nossas garantias constitucionais em diversas frentes, inclusive no legislativo e na formação de opinião nas academias jurídicas, mas principalmente prestando um serviço cada vez mais eficiente para nossa sociedade.”

(Promotor de justiça José Maria Costa Lima Jr., promovido pelo critério de merecimento a titular da 9º Promotoria de Direitos Constitucionais Fundamentais, Defesa do Patrimônio Público e Moralidade Administrativa, em pronunciamento em nome também das promotoras Maria da Penha Mattos Buchacra Araújo (sua colega na 7ª Promotoria) e Helena Maria Oliveira Muniz, esta na 11ª Promotoria de justiça da Infância e Juventude.)
  
Reconhecimento 
    
Drª. Helena e o Dr. Bezaliel em audiência
no Ministério Público Federal em Belém.

(Arquivo do Folha de Tucuruí).
A promotora Drª. Helena Maria Oliveira Muniz fez um excelente trabalho quando esteve atuando em Tucuruí. 

Os concursados da PMT e toda a população de Tucuruí, jamais esquecerão o seu apoio, a sua integridade, o seu espírito público e a sua dedicação na defesa dos direitos do cidadão. 


Uma profissional deste quilate honra a instituição e cala a boca dos que querem desmoralizar e desacreditar o MP. 

4 comentários:

  1. SOMENTE NESTA SEMANA o Ministerio publico ingressou com: 2 Inqueritos Civis por desvios na Camara, ACP contra a Camara, e Instaurou 1 Inquerito Civil contra a PMT e 1 ACP contra a Camara.axo q tah na hora do populaçao passar a COBRAR com veemencia o JUDICIARIO(JUIZES) para que,pelo menos,acelerem os processos contra gestores,pois todas as ações feitas pelo MP ficam muitos MESES nos gabinetes dos juizes sem manifestação.

    ResponderExcluir
  2. esses foram os melhores promotores que tevemos em Tucurui,Dra Helena e Dr Beseliel,xxxxxxxxxxxxx.

    ResponderExcluir
  3. promotores como dra Helena e Bezeliel é muito deficil ter,tinha tempo pra tudo,ate as reunião eles tinham tempo de ir

    ResponderExcluir
  4. Promotores atuantes nunca ficam muito tempo em Tucuruí, assim que começam a cobrar logo aparece uma promoção/remoção transferindo-os para longe.
    -------------
    Nota do Folha - Os tempos mudaram, vejam estas três situações:
    1 - Por determinação recente do Conselho Nacional do Ministério Público, os promotores têm de permanecer em suas promotorias de origem.
    2 - Estes rodízios de promotores em Tucuruí também deixou de ser uma solução para os prefeitos espertinhos, a sociedade está organizada e apoiando o MPE, sendo assim os promotores que chegam a Tucuruí logo são inteirados da situação e os trabalhos do MP não são interrompidos.
    3 - Os três promotores assinaram a abertura do Inquérito Civil no MP, mesmo que pudesse ser feita, a remoção em bloco dos três promotores é altamente improvável.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!