Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Ariadna terá uma segunda chance no ‘BBB 11’

Ariadna, a transexual que foi eliminada na primeira semana do “BBB 11”, vai ter uma segunda chance. A carioca voltará ao programa (provavelmente em uma casa de vidro) ao lado de Maurício, o segundo eliminado. 

O público irá definir, através de votação, quem irá voltar para a casa. Por conta da volta de Ariadna, a Globo resolveu blindá-la de todas as formas. A partir de hoje, ela já ficará incomunicável.

Ontem, no Twitter, Boninho revelou mais novidades. Na sexta haverá paredão surpresa com dois homens e duas mulheres.  

Um casal sai no domingo e um novo entra na casa. Ainda domingo, haverá nova prova do líder e mais um paredão. 

Quatro pessoas vão ao paredão, um casal por indicação do líder e outro, pela casa. 

(Coluna Retratos da Vida)

9 comentários:

  1. Nada contra os transexuais, e nada contra quem gosta de assistir BBB, mas esse programa é uma babaquice. O canal que o exibe está dando "excelente" exemplo em "deseducação" e "desculturalização".

    ResponderExcluir
  2. Mais babaca ainda quem paga mais de 150 reais de PPV pra assistir essa porcaria 24 horas por dia. 'Ela' vai voltar com certeza, pois a audiencia caiu muito depois que ela saiu.

    ResponderExcluir
  3. Sou contra a homofobia, mas, com esta atitude, a globo está desconsiderando a opinião popular, e com isso fazendo apologia à diversidade sexual, induzindo milhões de telespectadores, principalmente os juvenis, a optarem e admirarem o transexualismo.
    Quando propagandeiam remédios e cigarros, logo em seguida vem o alerta dos riscos à saude.
    Neste caso do BBB, caberia uma nota ao públco, se a intenção é o combate à homofobia.
    -Ou será puro capricho do diretor do programa?

    ResponderExcluir
  4. concordo plenamente ... senhoras e senhores, afastem-se dessa desinformação!!!

    ResponderExcluir
  5. Segue mais um comentário para ser censurado pela Folha:

    E qual o exemplo do blog que dá destaque pra o tal do BBB? Será que não temos outros problemas em Tucuuí que também merecem ser destacados.

    Se não acharem nada de novo, procurem saber das obscuras licitações que estão acontecendo ou para acontecer na Câmara Municipal e na Prefeitura.

    Fiquem atentos, porque não vão faltar matérias muito mais indecorosas do que o BBB!

    Cadê a Mesa da Câmara, que agora é composta por dois vereadores da chamada oposição? Será que não vão falar nada?

    Será que o Zé Gomes ensinou para eles a arte de não saber falar? Vamos ver!!!!!

    ResponderExcluir
  6. O povo tem que parar de estragar o BBB 11. A saída da Ariadna foi um erro e a Globo não gosta de perder audiência.

    A Globo não está fazendo apologia ao homossexualismo com a volta da Ariadna (já que não é a primeira vez que um ex BBB volta a casa) assim como não está fazendo apologia ao heterossexualismo permitindo a volta de outro BBB que saiu e também vai voltar junto com ela.

    O objetivo do programa é a audiência que a Globo fará tudo para manter.

    ResponderExcluir
  7. Nossa ele é uma mulher linda eu não posso jogar ele por que eu não sou Deu, agora que ele é gotosa isso ele é que tem homem que não fala à verdade que tem o sonho que trans com ele por que queria trans com ela sim por você não gostaria fala sério

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito de assistis BBBs- mas estou muito sem moptivação para ver o que fazem com os negros no nosso Brasil tão negro.................iludem os negros a concorrer ao premio....mas sabemos que negro nunca vai ganhar nada....porque o Boninho é um racista declarado..................fica a pergunta -porque deixar negro se inscrever se se sabe que ele logo será eliminado:é medo de que? .....de deixar na cara queexiste racismo?

    ResponderExcluir
  9. que ela ganhe o premio assim como o dourado, quem sabe as pessoas peconseituosas se exemplam que tranxesual também pode vencer!


    BOA SORTE ARIADNA VOCÊ MERECE!

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!