Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Folha esclarece questionamento sobre censura na Rádio Filadélfia

Recebemos de um Diretor da Rádio Filadélfia o seguinte comentário:

"Por gentileza, caro editor deste blog. Procure certificar-se de todas as informações que lhe repassam, procure a veracidade dos seus conteúdos, ou seja, pratique o jornalismo imparcial. NUNCA a rádio Filadélfia "censurou" absolutamente ninguém e nunca o fará. O vereador Jones Willian goza de tanta liberdade no acesso aos estúdios da Filadélfia que "nunca" precisou enviar ofícios para participar de qualquer programa desta emissora.

Mauro Gomes - Dir. Operações".

Hoje também ouvimos durante a programação da Rádio Filadélfia os comentários do Radialista Nilvan sobre a nossa matéria. Quanto aos comentários dos representantes da Rádio, queremos esclarecer e comentar o seguinte:

Em resposta ao comentário do Sr. Mauro Gomes, queremos dizer que conforme prometemos entramos em contato com o nosso colaborador que nos passou as informações nos fornecendo maiores detalhes do que ocorreu, e nos entregou a cópia do ofício que o Jones na qualidade de Presidente do Diretório do PT em Tucuruí enviou à Rádio Filadélfia.

Existem dois meios pelos quais pode-se solicitar espaço nas rádios em Tucuruí, um é o interessado ou seu representante, comparecer no prédio da Rádio e solicitar o agendamento. Outra seria uma solicitação formal por escrito através de Ofício.

Acreditamos que ambas as formas são legítimas e cabe ao interessado optar por uma das duas, não vemos nada de mais nisso. No caso em questão, nos foi informado que o Jones solicitou o espaço como presidente do seu partido, por isso ele optou pela formalidade e solicitou o espaço através de documento.

Como no fechamento da nossa matéria, passados mais de dez dias que o documento foi protocolado e ainda não havia uma resposta da Direção da Rádio, esta falta de resposta levou o nosso colaborador a crer que o pedido havia sido "engavetado".

No entanto para sermos justos, levamos em conta que o Senhor Roquevam não foi censurado na Rádio Filadélfia e pode fazer as suas colocações sem qualquer impedimento ou interrupção. Levamos em conta ainda que o pedido do Vereador foi atendido apesar da demora, o que demonstra que houve na verdade um mal entendido por parte do nosso colaborador, e sendo assim retiramos a nossa crítica por censura à Rádio Filadélfia. A cópia do ofício que originou a crítica à Rádio está publicada no final desta matéria.

Quanto ao comentário do Nilvan sobre comentários e matérias anônimas no Folha, queremos esclarecer que não vemos nada de mais em nossos visitantes exporem educadamente e sem ofensas pessoais, as suas opiniões sobre pessoas, empresas e serviços públicos.

Agora no caso de denúncias de práticas ilegais (denuncias), ai sim só publicamos com a identificação do denunciante e mediante provas documentais, imagens ou vídeos de autenticidade comprovada, ou ainda após comprovação de denuncia à justiça.

Como diz o antigo ditado: “Quem não pode com o pote não pega na rodilha”. Isso quer dizer que quem escolhe uma profissão ou atividade pública, tem que estar preparado para os elogios e também para as críticas, justas ou não. Isso faz parte deste tipo de atividade e não vemos motivos para tristeza, o simples fato de que o seu trabalho (sendo digno) esteja sendo notado, já é motivo de orgulho e satisfação.

Nós do Folha convivemos muito bem com os elogios e com as críticas, anônimas ou não, ambas são muito importantes para nós. Os elogios nos estimulam a prosseguir e as críticas nos alertam para nossos erros e nos dão a oportunidade de corrigir as nossas falhas, tanto é verdade que publicamos tanto os elogios quanto as críticas, quando são feitas com um mínimo de respeito, sem palavrões ou pornografia, não por que nos sentimos ofendidos, mas para manter o nível do blog.

Não nos sentimos superiores com os elogios e não ficamos tristes com as críticas, usamos ambas de forma positiva. E olha que somos voluntários e não somos remunerados, ou recebemos qualquer recompensa (a não ser a satisfação de lutar contra a corrupção, pela nossa cidade e pelo nosso país) para fazer o nosso trabalho no Folha, nós usamos o nosso tempo livre.

Quanto à autoria das matérias e a autoria do próprio Blog Folha de Tucuruí, não divulgamos publicamente os nomes dos responsáveis, por uma questão de segurança e uma forma de preservar a nossa integridade física, já que contrariamos os interesses de pessoas perigosas e poderosas, e não para nos eximir de responsabilidades pelas matérias e opiniões por nós publicadas.

A muito nos identificamos para os representantes do Ministério Público, tanto que constantemente nosso representante perante a justiça é chamado pela promotoria para prestar esclarecimentos quanto às denuncias publicadas no Folha. Sempre que somos chamados no MPE para esclarecer as denuncias do Blog, comparecemos de livre e espontânea vontade, colaborando como cidadãos e da melhor forma possível com a justiça.

Esperamos que os esclarecimentos tenham sido suficientes quanto à Rádio Filadélfia.

Queremos na oportunidade esclarecer a todos os nossos visitantes, que qualquer um que se sinta ofendido ou injustiçado em nossas matérias, pode entrar em contato conosco e solicitar explicações ou exercer livremente o direito de resposta.

Não temos medo da verdade.

Um abraço a todos...

Abaixo cópia do ofício do Jones à Rádio Filadélfia.


Equipe Folha de Tucuruí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!