Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

sábado, 26 de novembro de 2011

Divisão do Pará, considerações...

A divisão do Pará pode não acontecer de direito, mas já é uma realidade de fato, basta ver as pesquisas. 

A divisão provavelmente não ocorrerá neste momento, devido à desproporcionalidade demográfica entre o Tapajós/Carajás e a área remanescente.

Com o desenvolvimento do Tapajós e Carajás e o conseqüente aumento da população nesta área que é muito maior, ao longo do tempo, a divisão se dará queira alguns retrógrados ou não.

Outra situação a ser levada em conta é o aumento da escolaridade e da informação da população, principalmente os jovens, que permitirá ao povo paraense tomar a sua decisão tendo como base a realidade e o pragmatismo, em vez da emoção cega.

O máximo que se conseguirá ao manter esta situação é o atraso no desenvolvimento do Pará como um todo (inclusive da área remanescente) por mais alguns anos, mas como é impossível deter o progresso, a divisão será inevitável ao longo do tempo. O plebiscito, seja qual for o resultado, veio demonstrar e acentuar esta divisão.

Vejam que a divisão já existe de fato:



Imagens do Blog do Parsifal.

8 comentários:

  1. Não vou comentar mano porque tu não tem credibilidade pois com desculpa esfarrapada de opiniões negativas não publicas eis tão idiota que achas possível que se possa provar alguma coisa sobre essa consulta popular antecipadamente

    ResponderExcluir
  2. A lógica do plebiscito em sí é perversa..assim como,esse tipo de consideração.Da maneira como a campanha pelo SIM é conduzida até parece que quem vai governar os novos estados são alieniginas que virão do espaço para acabar com as mazelas causadas por esses mesmos políticos que querem a divisão .Temos é que aprender a votar!

    ResponderExcluir
  3. Vote 77. Diga sim à divisão.

    ResponderExcluir
  4. EU VOTO SIM 77 NOVO ESTADO DE CARAJÁS CHEGA DE SOFRIMENTO,FORA JATENE...

    ResponderExcluir
  5. Aos alienados de plantão que são contra a divisão do estado. Vocês ainda não perceberam que o Pará se reduz apenas a capital do estado, onde todos os investimetos estão concentrados. As áreas litorâneas de Belém todas estão pavimetados e bem assistidas pelo estado estadual, enquanto o interior está e continuará abandonado. Isso tem que mudar!!!
    Se eu morasse em Belém, concerteza absoluta eu também seria contra a divisão, do jeito que está pra Belém tá ótimo. Mas, como eu sou do interior com todas certeza eu quero que mude pra melhor e a hora é essa. Tucuruí será cidade estratégica para o estado de Carajás.
    PENSEM EM SEUS FILHOS, VOCÊS PRECISAM FAZER ALGO AGORA PARA QUE ELES USUFRUAM NO FUTURO.

    Quem acha que o interior está sendo amparado pelo governo do estado e que está bom desse jeito, pode votar em NÃO. Mas se vocês querem mudar esse descaso que o interior vem passando por décadas VOTE EM SIM.

    ResponderExcluir
  6. A divisao do estado só interessa a politicos picaretas ,fazendeiros ,madereiros e latifundiarios.Dividir não é a solução . vote 55 e 55 .NÃO E NÃO.

    ResponderExcluir
  7. Eu não sei como tem gente que não encherga a miséria que existe no estado tão rico como o Pará,isso tem que mudar,ainda mais quando se trata de um estado maior do que muitos paises.
    SIMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM!
    Detalhe gay vota.

    ResponderExcluir
  8. quero saber se nesses municipios não existem ou nunca existiram prefeitos por que o que se ver é um grande abandono do poder municipal com o seu povo gente nós temos que a prender votar e cobrar dos nossos vereadores e prefeitos os nossos direitos de cidadãos pois na época da eleição esses politicos acertam facilmente o rumo de nossas casas.Porque nós precisamos saber quais são a obrigação do estado e a obrigação do municipios antes que se caia nas conversas desses políticos xxxxxx que querem dividir o estado. vote 55

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!