Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

domingo, 27 de novembro de 2011

Não ao Nazismo, ao Facismo e a qualquer forma de preconceito e intolerância

PT vai pedir cassação de Bolsonaro

Mussolini e Hitler
Fascismo e Nazismo, expoentes máximos
do preconceito e da intolerância.
A liderança do PT na Câmara dos Deputados anunciou nesta sexta-feira 25 que vai enviar uma representação ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Casa para pedir a cassação do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ).

O pedido baseia-se nas declarações consideradas preconceituosas feitas pelo deputado no plenário da Câmara um dia antes, quando ele sugeriu que a presidenta Dilma Rousseff seria homossexual e pediu que ela explicasse os motivos que a levam a defender as políticas federais contra a homofobia.

“É um caso grave e merece a análise da Casa para a cassação do mandato. Ele é reincidente”, disse o líder petista na Câmara, deputado Paulo Teixeira (SP).

Em nota, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, repudiou a manifestação de Bolsonaro afirmando que ele agiu “com total desrespeito à pessoa da presidenta Dilma Rousseff”.

“O PT reafirma com orgulho suas bandeiras históricas contra qualquer tipo de discriminação e preconceito. Esta deve ser uma luta permanente de toda a sociedade que se queira democrática, tolerante e que respeite as diferenças, como, aliás, é da tradição cultural brasileira”, diz a nota.

O deputado Marcon (PT-RS) pediu para que a fala de Bolsonaro fosse retirada do site da Casa, o que acabou acontecendo. “O deputado é reincidente na quebra de decoro parlamentar. Está passando da hora de a Câmara adotar providências, dando um basta a essas agressões que não condizem com o processo civilizatório, com o papel de um parlamentar e tampouco com a democracia”, disse Marcon.

“O deputado direitista tem saudades dos anos de chumbo da ditadura militar e não se conforma com o fato de Dilma ser a comandante das Forças Armadas”, completou.

Distúrbio psíquico – Para o deputado Fernando Ferro (PT-PE), o caso de Bolsonaro indica evidências de distúrbio psíquico.

“Ele tem uma fixação em temas relacionados à orientação sexual que não é supostamente a dele e chega e beirar um quadro clínico. Nos deixa imaginar que tem algo mal resolvido nesta área, possivelmente necessita de tratamento clínico”, disse Ferro.

O parlamentar do PT observou que a atitude de Bolsonaro no plenário, a fazer insinuações contra a presidenta Dilma Rousseff, constitui violação à conduta ética e parlamentar. Bolsonaro, conforme lembrou Ferro, já foi alvo de outras ações por suas manifestações de intolerância a pessoas, grupos sociais e instituições.

Uma delas foi quando, em entrevista ao programa CQC, da Bandeirantes, fez ataques contra homossexuais e à cantora Preta Gil – dizendo, por exemplo, que seus filhos não corriam o risco de se apaixonar por negras porque foram “muito bem educados”.

“Ele já passou dos limites, precisa ser punido pela Câmara”, disse Fernando Ferro. Ele afirmou que a Constituição assegura a livre manifestação de opinião, mas há limites. “Não se pode pregar a pena de morte, a intolerância religiosa e sexual, entre outros temas que contrariam as convenções assinadas pelo Brasil em favor da proteção e promoção dos direitos humanos”, disse o parlamentar.

5 comentários:

  1. Hoje não vou comentar, vão dizer que sou homofóbico.

    ResponderExcluir
  2. Isto Não é preconceito e sim conceito!

    ResponderExcluir
  3. O pessoal que está no poder devia se preocupar com educação de qualidade, criar essa polêmica por causa de um Kit, não tenho preconceito, mas nas escolas estão faltando caderno, lápis, borracha e ninguém briga por isso, cria vergonha Brasil, educação sexual cada um tem a sua.
    -----------
    Nota do Folha - Ninguém está preocupado com os Kits e sim com o dinheiro que foi desviado. Dinheiro que daria para comprar caderno, lápis, borracha. Se cada um tem a sua, ninguém deveria se preocupar com a opção sexual dos outros.

    ResponderExcluir
  4. Depois de ler os comentário da Folha , acho que esse Deputado é fichinha no quesito esculhambação.
    Cruz credo.

    ResponderExcluir
  5. "Infelizmente nós da Equipe Folha ainda não estamos tão evoluídos..." A única verdade que observei nesta seção de comentários. Não tem como aceitar censura de comentários!!!É ridículo.
    ------------------
    Nota do Folha - Foi para evitar excessos que a moderação nos comentários foi criada, e atualmente é adotada em TODOS os Blogs.

    Agora você tem todo o direito de não aceitar, crie um blog e libere tudo o que quiserem postar sem nenhuma restrição, e assuma as consequências...

    Mas no Folha nós vamos continuar como estamos.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!