Alterar o idioma do Blog

domingo, 20 de novembro de 2011

Mulheres só guardam segredos por 32 minutos

Fonte: Diário do Pará


Por quanto tempo uma mulher consegue guardar um segredo: minutos, horas, dias ou por uma vida inteira?

Se sua resposta foi minutos saiba que você não é a única. Uma pesquisa realizada recentemente nos Estados Unidos revelou que elas não conseguem manter o sigilo por mais de 32 minutos e costumam compartilhar as informações com os parceiros, parentes próximos ou amigos.

A designer paulista A.M, de 26 anos, concorda com o estudo. Com medo de que ninguém mais lhe contasse segredos, ela pediu para não ser identificada na reportagem, mas admitiu: "Acabo sempre contando para alguém de confiança para saber o que fazer em determinadas situações".

Porém, essa "pessoa de confiança" sempre tem um outro amigo de confiança e assim a notícia vai se espalhando. Isso quando não cai nas redes sociais da vida. "Geralmente conto para desabafar e pedir opinião e, às vezes, bate o arrependimento depois, é claro, mas acho que nem é uma coisa só das mulheres. Quase ninguém consegue guardar segredo", defende-se.

Embora possa parecer assustador ela tem sua parcela de razão. Guardar um segredo é quase como mentir, já que as duas coisas dependem de o córtex pré-frontal, uma parte da frente do cérebro que sempre declina para o lado mais fácil: falar a verdade.

Faça um teste. Suponhamos que um cara 'mala' pergunte sua idade e, para despistá-lo, você resolve dizer que é bem mais velha. A primeira resposta que vem à sua cabeça é a idade real. Para mentir, o cérebro precisa descartar a verdade e aí, sim, buscar outra alternativa.
De acordo com o tablóide "Mirror", o estudo analisou 3 mil mulheres e uma em cada dez admitiu ser incapaz de guardar um segredo. Além disso, 85% das estrevistadas afirmaram que adoram ouvir uma fofoca, o que impulsiona ainda mais esse telefone sem fio.

A gerente de comercial Daiane Lucio garante que foge à regra. Segundo a jovem, sua boca é um verdadeiro túmulo para a sorte de quem já fez confissões escabrosas a ela. "Eu sei guardar segredo", garante sem pestanejar. 

Apesar de sua postura, ela não condena quem acaba espalhando as informações. "No geral não depende da pessoa. Acho que algumas são espontâneas por natureza e soltam segredos até sem querer. Outras, é claro, o fazem por pura maldade", afirma.
              
Na dúvida é bom saber que se quiser que alguém guarde um segredo seu comece por si mesma... (Band)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!