Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Pastor denunciado por agressão ao repórter do Folha de Tucuruí não comparece à audiência

O Pastor Evangélico José Maria não compareceu à audiência que estava marcada para hoje (domingo) às 10:00 hr. na 15ª Seccional Urbana da Polícia Civil de Tucuruí. 

O Pastor José Maria foi denunciado por agressão e crime de dano contra o repórter e responsável pelo Blog Folha de Tucuruí, na última reunião do Conselho Municipal de Saúde.

O Pastor Evangélico além de fazer parte do Conselho Municipal de Saúde é Assessor do Prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira (PPS). 

Caso o Pastor não compareça a mais duas audiências, será conduzido por policiais civis à delegacia.

12 comentários:

  1. vcs acreditam nisso?
    se esqueceram que ele e uns do assesores do sancler<
    sabem quem ia preso um coitadinho qualque?

    ResponderExcluir
  2. O Advogado Aldo Dias é filho do Pastor Zé maria e advogado do sancler ferreira em varios casos incluindo o movido contra o estudante do IFPA Deivison.
    -------------------
    Nota do Folha - E que diferença faz qual é o advogado do Pastor Zé Maria? Seria ele melhor que os outros? Estamos satisfeitos e confiamos no nosso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Além do mais, o advogado do Sancler deveria saber que o processo contra o Davison não tem qualquer chance de sucesso. É igual ao processo do Jones, e do Pai do Gualberto, os três estão amparados Constituição e pelo STF que garantem a liberdade de expressão, isso sem contar que eles podem provar o que disseram.
      No caso do Zé Maria trata-se de agressão e crime de dano e assim como o Repórter tem o direito de denunciar, o pastor tem o direito de se defender. Isso se chama democracia.

      Excluir
  3. o Pastor não é o valentão,por que não apareceu

    ResponderExcluir
  4. é tão valentão que tambem Agrediu com palavras e ofensas a presedente do conselho,é valentão so de boca

    ResponderExcluir
  5. gente eu vi o bloco e escultei a musica do pinocler,quando um prefeito cai na boca do povo desta forma ,é uma causo serio,pedeu o respeito

    ResponderExcluir
  6. parem de usar o título de pastor, a igreja não tem nada a ver com isso.denegrir a igreja por causa da atitude de um homem é errado.a folha de tucuruí deve ser profissional e se policiar ao editar essa matéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas ele é pastor, se fosse padre, rabino, ou pai de santo mencionariamos o título da mesma forma. Quem tem que se preocupar com a imagem da igreja é ele, não somos nós. E parem de tentar nos dizer o que devemos fazer ou deixar de fazer. Se querem ser editores e decidir como as matérias devem ser postadas criem um blog para si.

      Excluir
    2. nunca vir tanta ignorancia juntos no blog só, boas sugestão sempre tem ser bem vindas, o raimundo que é um amigo pessoal meu inclusive companheiro de chapa na asert, nem de longe concordaria com uma colocação arogante do editor acima. Nao vejo ninguem do blog chamando de motorista raimundo concursado, ou vendedor raimundo ou até mesmo reporter raimundo. Deixo aquir minha sugestao reavaliem seus conceitos de educação, ops! esquecir vocês nao aceitam sugestoes, sao altos suficiente e nao aceitao ser vidraças!

      Excluir
  7. Nos referimos a pessoas públicas sempre citando o título, ex: pastor, padre, vereador, prefeito, secretário; assim como faz a grande imprensa. O Folha não tem dono, o editor assim como os visitantes tem direito à opinião e direito de resposta. Consideramos esta discussão encerrada, você manifestou a sua opinião e o editor a dele. Portanto é inútil continuar este debate que não vai levar a lugar algum já que vamos manter a nossa linha editorial. Agradecemos a sua participação.

    ResponderExcluir
  8. Folha porque voces pararam de falar do HRT, continua do mesmo jeito ou pior, esta uns caos la tb, não é só o municipal.

    ResponderExcluir
  9. hrt ja era esta emperrado até duvido que tenha alguma solução da prefeitura de tucuruí,na contrução imediata de um hospital municipal,a maternidade que esta la no hrt simplismente não em menos de tres anos isso é fato não é crítica enquanto isso nos bastidores quem sofre os danos são pacientes e funciponarios que nada tem a ver com esse descaso de grandes sanguesugas,parasitas irresponsaveis ...

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!